Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.456,55
    -70,66 (-0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Atualização deflacionária do Ethereum é marcada para agosto

·2 minuto de leitura
Atualização deflacionária do Ethereum é marcada para agosto

A altamente esperada atualização London da rede Ethereum será lançada em 4 de agosto, de acordo com o desenvolvedor líder do projeto.

O desenvolvedor líder da Ethereum, Tim Beiko, postou uma proposta de ativação de bloco no Github em 6 de julho, revelando que a atualização da mainnet está configurada para ser implantada no bloco 12.965.000.

Isso torna o dia 4 de agosto a data estimada para o hard fork London, e não em meados a final de julho, como esperado anteriormente. A meta se tornará oficial se as várias equipes de clientes da Ethereum concordarem com a proposta.

Os desenvolvedores estão monitorando as testnets para ver como as atualizações funcionam antes de decidir sobre um período de tempo de inicialização da mainnet. Beiko tuitou a confirmação:

“Sim, a menos que alguém se oponha nas próximas 24h, [o hard fork] London deve chegar no dia 4 de agosto. Algumas equipes de clientes já aprovaram, mas queremos ter certeza de que ninguém tem uma objeção séria.”

O primeiro bloco foi produzido na rede de teste Ropsten em 24 de junho. A testnet Goerli implantou o hard fork em 30 de junho e o lançamento final da testnet Rinkeby está previsto para hoje.

Queimando Ether

A atualização London recebeu o nome em referência à segunda conferência anual de desenvolvedores Ethereum, em 2015. A novidade foi projetada para levar a rede a um estado deflacionário, mas atualização EIP-1559 não necessariamente reduzirá as taxas de rede.

O que ela faz é ajustar o mecanismo de leilão para a estrutura de cálculo da taxa e queima uma parte das taxas de transação. Com o tempo, isso tornará o ativo deflacionário, um processo que se acelerará assim que a mineração terminar e a prova de participação (PoS) se tornar o mecanismo de consenso primário no próximo ano.

Um site foi criado para mostrar como isso vem evoluindo na rede de teste Ropsten. Como o código foi implantado em outras redes de teste após um lançamento bem-sucedido na Ropsten, no entanto, ele não está mais ativo.

No entanto, durante o curto período de teste, ela queimou 89.148 ETH no valor de cerca de US$ 208 milhões a preços atuais. Já a testnet Goerli queimou 79 ETH e a testnet Rinkeby está programada para ser lançada em 7 de julho.

A empresa de soluções de software da Ethereum, ConsenSys, estimou que a oferta anual de ETH será reduzida em 1,4%.

Preço da Ethereum

Até o momento, a ETH era negociada por US$ 2.340 de acordo com a CoinGecko. O ativo sobe 1,7% no dia, somando um aumento geral de 8% na semana.

Ao longo da última quinzena, a Ethereum recuperou 25% após uma queda para abaixo de US$ 1.800 em 26 de junho. Seu próximo alvo positivo é a resistência em US$ 2.400.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos