Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.057,22
    -1.202,27 (-0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.202,80
    -376,30 (-0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,99
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.775,20
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    38.032,45
    -222,30 (-0,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,66
    -31,22 (-3,22%)
     
  • S&P500

    4.221,86
    -1,84 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    33.823,45
    -210,22 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.153,43
    -31,52 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.558,59
    +121,75 (+0,43%)
     
  • NIKKEI

    29.018,33
    -272,68 (-0,93%)
     
  • NASDAQ

    14.193,50
    +28,00 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9865
    +0,0240 (+0,40%)
     

Filme de US$ 70 milhões terá "atriz robô" no papel principal

·2 minuto de leitura
Rosto da atriz robô Erica, que "atuará" em produção de US$ 70 milhões
Rosto da atriz robô Erica, que "atuará" em produção de US$ 70 milhões

Vivemos entre o sentimento de empolgação e horror sobre as possibilidades de aplicação das novas inteligências artificiais: elas poderão substituir os humanos em todas suas tarefas? Serão utilizadas para vigilância? Ou darão origem a uma nova era de prosperidade e inovação para toda a sociedade? Enquanto essas respostas não chegam, empreendedores e artistas buscam expandir as fronteiras de uso da inteligência artificial nos mais diversos campos, como no cinema.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Foi revelado que um novo filme, que já está sendo gravado em caráter experimental, terá como protagonista a primeira atriz equipada com inteligência artificial: um robô chamado Erica. A produção de US$ 70 milhões chama-se “b” (pelo menos por enquanto) e será realizado pela mesma produtora de filmes de sucesso, como o indicador ao Oscar “Com Amor, Van Gogh”.

Leia também

Segundo o site da revista Hollywood Reporter, especializada em cinema, que divulgou a notícia com exclusividade, o roteiro do filme “acompanha um cientista que descobre os perigos associados ao programa que ele criou para aperfeiçoar o DNA humano, e ajuda a mulher artificialmente inteligente que ele criou (Erica) a escapar”.

Ao site, os produtores explicam que Erica é um robô criado por cientistas japoneses. Ele foi treinado, como um sistema de “machine learning”, a emular emoções específicas humanas, e assim atuar no filme.

“b” não tem ainda uma data de lançamento, nem diretor e elenco divulgados. Mas algumas cenas já foram gravadas em caráter experimental em 2019, e o estúdio espera gravar o resto do longa em 2021, em locações na Europa.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos