Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    48.298,19
    +923,49 (+1,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Atriz demitida de 'The Mandalorian' abre o jogo sobre relação com Pedro Pascal

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
HOLLYWOOD, CALIFORNIA - NOVEMBER 13: Pedro Pascal and Gina Carano arrive at the premiere of Lucasfilm's first-ever, live-action series, "The Mandalorian," at the El Capitan Theatre in Hollywood, Calif. on November 13, 2019. "The Mandalorian" streams exclusively on Disney+.  (Photo by Jesse Grant/Getty Images for Disney)
Pedro Pascal e Gina Carano (Photo by Jesse Grant/Getty Images for Disney)

Gina Carano concedeu uma longa entrevista ao programa 'The Ben Shapiro Show'. Demitida da série “The Mandalorian” após comparar o tratamento dado a pessoas conservadoras nos Estados Unidos com a perseguição sofrida pelos judeus durante o Holocausto, ela falou que sempre se sentiu "perseguida" pela Disney e deu detalhes do seu relacionamento com o astro da obra, Pedro Pascal.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Carano fez elogios ao colega de cena - mas lembrou que ele também teve atitudes políticas controversas na internet. Em janeiro deste ano, ele compartilhou o número de telefone do senador republicano no Twitter. "Eu adoro Pedro. Eu o adoro. Sei que ele disse e fez algumas coisas dolorosas. Não acho que postar o número de ninguém nas redes sociais está certo", cutucou a atriz.

Leia também:

"Mas nós tínhamos um acordo depois que percebemos que éramos um pouco diferentes politicamente. Tínhamos um acordo que, antes de mais nada, você é um ser humano. E, antes de tudo, você é meu amigo", prosseguiu Carano. Segundo ela, os fãs da série tentavam separá-la de Pascal por causa das diferenças políticas.

"Isso é o que tem sido realmente louco. Você vê essas pessoas sendo tão apaixonadas e você vê as pessoas [do lado oposto] também tão apaixonadas. Eu simplesmente amo o fato de sermos ambos apaixonados. Pensamos um pouco diferente, eu acho, por causa de nossas experiências. Sei que ambos erramos em nossos tweets. Não somos perfeitos. Somos seres humanos. Mas ele não é um ser humano ruim. Ele é uma pessoa doce", continuou a atriz.

Sobre a Disney, a atriz mostrou guardar mágoa, dizendo ter sido alvo de perseguição pelos executivos. "Eles têm estado em cima de mim e me observando como um falcão. E estou observando que pessoas na mesma produção podem dizer tudo o que quiserem; e foi aí que tive um problema. Tive um problema porque não estava acompanhando a narrativa", afirmou.

Na mesma conversa, Carano afirmou que já esperava ser demitida. "Eu vi o bullying que acontece, e quando isso começa, eles apontam suas armas para você, e você sabe que é só uma questão de tempo. Eu vi isso acontecer com tantas pessoas, e pensei comigo mesma, 'vocês vão fazer isso comigo; eu sei que vão'. Eles estavam deixando isso bem óbvio por meio dos funcionários que estavam vindo atrás de mim, então eu estava tipo, 'Eu vou morrer lutando e vou permanecer fiel a mim mesma'", disse.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube