Mercado fechado

Ator de 'Escola do Rock' teve dificuldade para se assumir por causa de personagem gay

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Brian Falduto, ator que viveu uma das crianças roqueiras do filme "Escola de Rock", estrelado por Jack Black em 2003, afirmou que teve dificuldade lidar com a sua sexualidade por causa da homofobia que sofreu na esteira do filme.

Isso porque, na trama, o ator de 29 anos interpretava Billy, um garoto inteligente que se torna estilista da banda montada pelo professor protagonista. Por causa dos trejeitos do personagem, ele foi vítima de homofobia na escola na época do lançamento do longa, quando tinha 11 anos.

"Eu estava em um estado de negação muito grande [em relação à própria homossexualidade] enquanto crescia", disse Falduto em entrevista ao programa de rádio Cooper and Anthony Show. "Eu estava na quinta série quando o filme estreou e fui chamado de gay, então alguém me disse que isso não era legal. Eu pensei: 'Ok, então não sou gay'."

Foi apenas no último ano da faculdade que o ator diz ter conseguido lidar com sua sexualidade e se assumir gay. "Eu estava negando minha sexualidade antes de saber o que ser gay é. Então quando eu percebi que era potencialmente gay, eu já era homofóbico para mim mesmo", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos