Mercado fechará em 32 mins
  • BOVESPA

    109.701,14
    +2.322,22 (+2,16%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.790,80
    +523,60 (+1,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,98
    +1,92 (+4,46%)
     
  • OURO

    1.804,40
    -33,40 (-1,82%)
     
  • BTC-USD

    19.123,44
    +671,47 (+3,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,78
    +10,03 (+2,71%)
     
  • S&P500

    3.629,83
    +52,24 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    30.035,17
    +443,90 (+1,50%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.049,25
    +144,00 (+1,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3870
    -0,0533 (-0,83%)
     

Ator define cena de estupro em Game of Thrones: "pior dia da minha carreira"

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Sansa Stark (Sophie Turner) é violentada por Ramsay Bolton (Iwan Rheon) em Game of Thrones (reprodução)
Sansa Stark (Sophie Turner) é violentada por Ramsay Bolton (Iwan Rheon) em Game of Thrones (reprodução)

Iwan Rheon é lembrado como o vilão Ramsay Bolton de “Game of Thrones”. Em uma das cenas mais criticadas da série, o personagem dele estupra Sansa Stark, vivida por Sophie Turner, no episódio “Unbowed, Unbent, Unbroken” da quinta temporada. De acordo com o ator, o momento foi extremamente desconfortável de ser gravado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Foi horrível. Ninguém queria estar lá. Ninguém quer fazer isso, mas se é uma história, você tem que contar a verdade", disse ele em entrevista ao site Metro. "Eles não fizeram sensacionalismo, nem nada. Foi muito, muito difícil de se assistir a isso. É uma coisa horrível que acontece, infelizmente, e não deveria. Foi o pior dia da minha carreira."

Leia também

O ator comparou a cena de estupro com outros momentos violentos da série. "Ao cortar o dedo de alguém, você não vê isso de verdade; e quando está fazendo uma cena em close, vê que é um pedaço de plástico. Com algo assim (estupro), onde você está na realidade da situação, é muito difícil de se lidar. Foi um dia horrível, horrível", lembrou.

Em tempos em que a ideia de usar um estupro como recurso narrativo parece cada vez problemática, Rheon acredita que a série pode ter dado uma espécie de alerta para a sociedade. "Isso é algo com que nem deveríamos nos preocupar, porque é algo que não deveria existir neste mundo, mas, infelizmente, isso existe", finalizou.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube