Mercado fechará em 4 h 48 min
  • BOVESPA

    108.037,81
    +1.741,63 (+1,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.838,50
    -51,16 (-0,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,10
    +1,34 (+1,60%)
     
  • OURO

    1.808,50
    +12,20 (+0,68%)
     
  • BTC-USD

    63.195,80
    +2.702,49 (+4,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.507,35
    +1.264,68 (+521,13%)
     
  • S&P500

    4.548,79
    +3,89 (+0,09%)
     
  • DOW JONES

    35.678,18
    +1,16 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.231,94
    +27,39 (+0,38%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.389,25
    +48,25 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4822
    -0,0986 (-1,50%)
     

Ativistas afegãs protestam em frente ao Ministério da Mulher, fechado pelo Taliban

·1 minuto de leitura

(Reuters) - Cerca de duas dezenas de mulheres ativistas protestaram em frente ao ministério da mulher do Afeganistão neste domingo, depois que a pasta foi fechada pelo Taliban e substituída pelo Ministério para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício.

Funcionárias disseram que tentaram voltar a trabalhar no ministério durante várias semanas desde a chegada do Taliban ao poder no mês passado, apenas para serem informadas de que deveriam voltar para casa.

A placa fora do Ministério da Mulher foi substituída por uma do Ministério para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício.

Quando o Taliban estava no poder entre 1996 e 2001, garotas não podiam frequentar escolas e as mulheres eram proibidas de trabalhar e estudar.

Durante esse período, o Ministério para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício tornou-se conhecido como a polícia moral do grupo, reforçando sua interpretação da lei da sharia que inclui um código de vestimenta rígido e execuções públicas e açoites.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos