Mercado fechará em 4 h 49 min
  • BOVESPA

    111.675,13
    -2.137,73 (-1,88%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.533,47
    -196,33 (-0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,77
    +0,27 (+0,30%)
     
  • OURO

    1.762,70
    -8,50 (-0,48%)
     
  • BTC-USD

    21.364,38
    -2.042,49 (-8,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    507,15
    -34,45 (-6,36%)
     
  • S&P500

    4.224,25
    -59,49 (-1,39%)
     
  • DOW JONES

    33.686,06
    -312,98 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.557,07
    +15,22 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.268,00
    -255,25 (-1,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2334
    +0,0196 (+0,38%)
     

Atividades no metaverso devem movimentar mais de R$ 2 trilhões até 2025

Atividades no metaverso devem movimentar mais de R$ 2 trilhões até 2025, aponta estudo. Foto: Getty Images.
Atividades no metaverso devem movimentar mais de R$ 2 trilhões até 2025, aponta estudo. Foto: Getty Images.
  • Novo estudo mostra que o metaverso deve gerar mais de US$ 400 bilhões até 2025;

  • Atividades como realidade virtual e realidade aumentada vêm sendo cada vez mais exploradas;

  • Ativos virtuais, NFTs ou skins em games podem gerar entre US$ 150 bilhões e US$ 300 bilhões no período.

A realidade e a tecnologia estão cada vez mais interligadas. Considerado o futuro da internet, o metaverso é um termo criado para se referir a um mundo virtual no qual as pessoas podem interagir com diferentes propósitos por meio de diversas tecnologias e experiências como a realidade virtual (VR) e a realidade aumentada (AR).

Segundo novo estudo da Boston Consulting Group (BCG), empresa norte-americana de consultoria empresarial, as indústrias do metaverso, que já movimentam cerca de US$ 250 bilhões, cerca de R$ 1,3 trilhão na cotação atual, devem gerar mais de US$ 400 bilhões, o equivalente a pouco mais de R$ 2 trilhões, até 2025.

Leia também:

A pesquisa também mostra que os responsáveis por mobilizar esse capital são ativos digitais como NFTs (tokens não-fungíveis, em tradução), software e hardware, como os óculos de realidade virtual e plataformas de imersão, aplicativos de realidade aumentada, virtual e mista, e infraestrutura de cloud e inteligência artificial.

De acordo com o estudo, apenas os ativos virtuais, NFTs ou skins em jogos eletrônicos podem gerar entre US$ 150 bilhões e US$ 300 bilhões, cerca de R$ 788 bilhões e R$ 1,6 trilhão, respectivamente, durante o período.

São itens que compõem 40% das negociações realizadas na chamada Web3, e 60% na Web2. Enquanto isso, os aplicativos responsáveis pelo funcionamento desses elementos devem ter uma fatia de US$ 50 bilhões no montante projetado até 2025.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos