Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.055,40
    +121,23 (+0,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Atividade industrial da China encolhe em outubro por restrições contra Covid, mostra PMI do Caixin

Fábrica da JAC-NIO em Hefei, China

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China enfraqueceu em outubro, uma vez que as prolongadas restrições contra a Covid-19 interromperam a produção e reduziram a demanda, mostrou uma pesquisa do setor privado nesta terça-feira, sugerindo recuperação econômica mais fraca no quarto trimestre.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria do Caixin/S&P Global ficou em 49,2 em outubro, acima dos 48,1 em setembro e ligeiramente acima da expectativa de 49,0. Mas o número ainda permaneceu abaixo da marca de 50 pontos que separa crescimento de contração.

Em linha com o PMI oficial da China, que caiu inesperadamente em contração no mês passado, a redução da atividade industrial pesou sobre a frágil recuperação da segunda maior economia do mundo em meio a uma crise imobiliária cada vez mais profunda e à demanda enfraquecida.

Tanto a produção quanto os novos pedidos ampliaram os declínios no início do quarto trimestre, à medida que surtos de Covid-19 e medidas rigorosas de contenção pesavam sobre qualquer recuperação significativa, mostrou o PMI.

A atividade mais fraca continuou a pressionar o mercado de trabalho, com queda no emprego industrial pelo sétimo mês consecutivo.

"Os atuais ambientes doméstico e internacional continuam complicados e difíceis, e os fatores desfavoráveis que afetam o desenvolvimento econômico aumentaram", disse Wang Zhe, economista do Caixin Insight Group.

"Em particular, a disseminação do coronavírus em muitas regiões restringe significativamente a oferta e a demanda", disse Wang.

(Reportagem de Ellen Zhang e Ryan Woo)