Mercado fechará em 1 h
  • BOVESPA

    119.789,96
    -1.451,67 (-1,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.609,25
    -848,77 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,99
    +0,63 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.841,70
    +11,80 (+0,64%)
     
  • BTC-USD

    37.191,21
    +749,48 (+2,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    736,86
    +21,66 (+3,03%)
     
  • S&P500

    3.799,08
    +30,83 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    30.978,38
    +164,12 (+0,53%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.642,28
    +779,51 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.944,00
    +141,75 (+1,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4672
    +0,0719 (+1,12%)
     

Atividade empresarial otimista e esperanças de vacina elevam mercado acionário europeu

Susan Mathew
·2 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta quarta-feira devido a dados otimistas sobre a atividade empresarial regional, esperanças crescentes de um acordo comercial do Brexit e a possível implementação de uma vacina contra a Covid-19 no continente antes do Ano Novo.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,8%, a 1.529 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,82%, a 396 pontos, tendo tocado um pico em quase dez meses durante a sessão.

Leituras preliminares de PMI para dezembro mostraram que a economia da zona do euro superou em muito as expectativas, com os produtores relatando um forte crescimento alimentado pelo aumento das exportações e o desempenho da Alemanha. No entanto, a maior economia da região entrou em um lockdown mais rígido nesta quarta-feira.

"A resiliência da economia diante de medidas mais rígidas é um importante resultado positivo em tempos muito incertos", disse Bert Colijn, economista sênior para a zona do euro no ING.

Colijn alertou que "o pior ainda pode estar por vir", à medida que novas restrições entram em vigor.

Mas esperanças de um fim para a pandemia melhoraram o sentimento, já que uma autoridade da Comissão Europeia disse que a UE poderia dar a aprovação final para a vacina Pfizer-BioNTech contra a Covid-19 já em 23 de dezembro.

Em relação ao Brexit, as negociações contínuas fizeram os mercados continuarem com esperanças de um acordo, mas os dois lados ainda lutavam para chegar a um meio termo sobre a pesca, disse a emissora estatal irlandesa RTE. Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,88%, a 6.570 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,52%, a 13.565 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,31%, a 5.547 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,23%, a 21.986 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,16%, a 8.139 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,42%, a 4.796 pontos.