Mercado fechado

Atividade empresarial dos EUA enfraquece mais em novembro, mostra PMI

Trabalhadores montam um caminhão Ford na nova fábrica de caminhões da Ford em Louisville, Kentucky, EUA, 30 de setembro de 2016. REUTERS/Bryan Woolston

WASHINGTON (Reuters) - A atividade empresarial dos Estados Unidos contraiu pelo quinto mês consecutivo em novembro, com uma medida de novas encomendas caindo para o nível mais baixo em dois anos e meio, à medida que as taxas de juros mais altas diminuíam a demanda.

A S&P Global disse nesta quarta-feira que seu Índice de Gerendes de Compras (PMI) Composto preliminar dos EUA, que acompanha os setores de manufatura e serviços, caiu para 46,3 este mês, de uma leitura final de 48,2 em outubro.

Leitura abaixo de 50 indica contração no setor privado. A atividade está caindo sob o peso do ciclo de aumento de taxas de juros mais agressivo do Federal Reserve desde os anos 1980, com o objetivo de conter a inflação através da redução da demanda econômica.

O índice composto preliminar de novos pedidos caiu para 46,4, o nível mais baixo desde maio de 2020, de uma leitura final de 49,2 em outubro. Descartando a onda inicial da pandemia de Covid-19, esta foi a leitura mais fraca desde 2009.

O PMI preliminar de manufatura caiu para 47,6 este mês, a leitura mais baixa desde maio de 2020, de 50,4 em outubro. Economistas consultados pela Reuters projetavam leitura de 50.

Já o PMI preliminar do setor de serviços diminuiu de 47,8 em outubro para 46,1.

(Reportagem de Lucia Mutikani)