Mercado fechado

Atividade econômica da Argentina recua em novembro de 2019, diz Indec

Caio Rinaldi

A atividade encolheu 1,7% no mês, ante outubro, e contraiu 1,9% em relação a novembro do ano anterior A atividade econômica da Argentina encolheu em novembro de 2019, pressionada por um recuo nos gastos dos consumidores, além de quedas na construção e na atividade manufatureira, em meio à incerteza após a vitória de Alberto Fernández nas eleições presidenciais de outubro.

No décimo primeiro mês do ano passado, a atividade encolheu 1,7% ante outubro, ajustada sazonalmente, e contraiu 1,9% em relação ao mesmo mês do ano anterior, de acordo com a estimativa mensal divulgada nesta quinta-feira (23) pelo Instituto Nacional de Estatística e Censos da Argentina (Indec).

Em outubro, a atividade havia crescido 0,9% em relação ao mês anterior e encolhido 1,9% em relação a outubro de 2018.