Mercado fechará em 3 h 7 min
  • BOVESPA

    106.518,49
    +144,62 (+0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.533,21
    -440,06 (-0,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,43
    +1,61 (+1,92%)
     
  • OURO

    1.817,80
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    41.732,94
    -835,21 (-1,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    995,82
    -13,56 (-1,34%)
     
  • S&P500

    4.592,52
    -70,33 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    35.357,21
    -554,60 (-1,54%)
     
  • FTSE

    7.569,49
    -41,74 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.363,25
    -232,50 (-1,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2700
    -0,0238 (-0,38%)
     

Athletico despenca e fica colado na zona de rebaixamento do Brasileirão

·1 min de leitura


A panela de pressão está mais do que ligada dentro do Athletico. Sem vencer nos últimos quatro jogos, o time de Alberto Valentim despencou na classificação e olha a zona de rebaixamento bem de perto.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

No momento, com três rodadas pela frente, o Furacão aparece na 16ª posição, com 42 pontos. O Bahia, primeiro time do Z-4, aparece com 40 pontos.

Decisão

Em situação dramática, o atual campeão da Copa Sul-Americana pode entrar na zona de rebaixamento, caso o Bahia, que joga na quinta-feira, derrote o Atlético-MG, em Salvador.

Caso isso ocorra, o duelo entre Athletico e Cuiabá, marcado para sexta-feira, ganha contornos dramáticos, já que ambos estão perto da zona de rebaixamento.

Nas contas da comissão técnica, com 46 pontos o Furacão está garantido na elite. Ou seja, além de vencer o Dourado, o Athletico vai precisar arrancar um empate contra Palmeiras e Sport.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos