Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,14
    +0,23 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.797,00
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    37.589,38
    +2.657,89 (+7,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    905,01
    -10,48 (-1,14%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.118,00
    +0,25 (+0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1089
    -0,0014 (-0,02%)
     

Atacante boliviano Marcelo Moreno pode ser punido após criticar Copa América

·1 minuto de leitura
Marcelo Moreno em jogo da Bolívia contra Argentina

ASSUNÇÃO (Reuters) - A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) abriu um processo disciplinar contra o atacante boliviano Marcelo Moreno depois que ele criticou a entidade por sediar a Copa América em meio à pandemia da Covid-19.

O comitê disciplinar da Conmebol pediu ao jogador do Cruzeiro que prepare uma defesa depois que publicou suas declarações nas redes sociais, disse uma fonte da organização à Reuters.

“Obrigado por isso Conmebol”, escreveu Moreno no Instagram em uma mensagem que ele mais tarde apagou. "Toda a culpa é totalmente sua. Se alguém morrer, o que você vai fazer??? A única coisa importante para você é o DINHEIRO. A vida de um jogador não vale nada?"

Moreno foi um dos jogadores bolivianos que não disputou o jogo vencido pelo Paraguai por 3 x 1. Segundo a imprensa local, ele testou positivo para Covid-19.

Cinco jogadores bolivianos tiveram resultado positivo, embora seus nomes não tenham sido revelados.

Moreno é mais um a criticar a decisão de sediar a Copa América no Brasil, país onde cerca de meio milhão de pessoas morreram após contrair o coronavírus.

O torneio deveria ter sido realizado em conjunto na Colômbia, que desistiu devido a distúrbios civis, e na Argentina, que desistiu quando os casos de Covid-19 aumentaram.

O Brasil se ofereceu para organizar o torneio com menos de duas semanas de antecedência e já 27 jogadores ou dirigentes das 10 equipes concorrentes deram positivo para Covid-19.

(Reportagem de Daniela Desantis em Assunção)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos