Mercado fechará em 2 h 45 min

Até 25 mil lojas podem fechar em 2020 nos EUA, diz Coresight

Kim Bhasin

(Bloomberg) -- Um total de até 25 mil lojas poderiam fechar permanentemente neste ano nos Estados Unidos devido à pandemia de coronavírus, que devastou um setor em que muitos varejistas de shopping centers já enfrentavam dificuldades.

O número superaria o recorde de 2019, quando mais de 9,8 mil lojas fecharam as portas definitivamente, segundo relatório da empresa de dados de varejo e tecnologia Coresight Research. A maioria das lojas que poderiam fechar estão localizadas em shopping centers. Lojas de departamento e de roupas estariam entre as mais afetadas.

Se grandes inquilinos fecham lojas em shoppings, “é provável que outros inquilinos sigam os passos”, disse Deborah Weinswig, CEO da Coresight. No relatório, o intervalo esperado de fechamentos de lojas fica entre 20 mil a 25 mil. “Portanto, o fechamento de grandes lojas de departamentos e de grandes lojas de roupas vai criar um efeito cascata que traz más notícias para shoppings.”

Os EUA têm o maior espaço de vendas no varejo per capita do mundo, e as menores vendas por pé quadrado (um pé quadrado equivale a 0,092 metro quadrado), de acordo com a imobiliária comercial Cushman & Wakefield. A maioria dos varejistas resistiu em reduzir as redes de lojas, mas a pandemia obrigou muitas a reformularem os planos.

Mesmo com a flexibilização das restrições de isolamento social, muitas lojas ainda estão fechadas ou com serviços limitados. Em 5 de junho, varejistas planejavam cerca de 4 mil fechamentos permanentes de lojas, incluindo centenas da JC Penney, Victoria’s Secret e Pier 1 Imports. Em março, antes que a extensão e a duração da paralisação do vírus ficassem claras, a Coresight havia estimado que cerca de 15 mil lojas seriam fechadas em 2020.

Paralelamente aos fechamentos, a empresa espera ver outra onda de recuperações judiciais devido ao endividamento de varejistas com dívidas. Quinze grandes varejistas já pediram recuperação judicial em 2020.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.