Mercado fechado

Astronautas que irão à Lua treinam caminhadas espaciais debaixo d'água

Danielle Cassita
·3 minutos de leitura

A NASA planeja levar a primeira mulher e o próximo homem para o polo sul lunar em 2024 por meio do programa Artemis. Enquanto isso, os engenheiros da agência espacial já estão trabalhando, no Johnson Space Center, nos preparativos para a primeira caminhada lunar que estes astronautas irão realizar em nosso satélite natural. Para isso, diversos testes estão sendo realizados no laboratório Neutral Buoyancy Lab (NBL).

Os astronautas utilizam versões de demonstração dos trajes especiais de exploração, enquanto engenheiros, com equipamentos de mergulho, simulam diferentes tarefas dentro de tanques especiais. “Estes testes vão ajudar a determinar os melhores complementos das instalações para o desenvolvimento de hardware e outros requisitos para os treinamentos e missões do programa Artemis", diz Daren Welsh, líder de testes das atividades extracurriculares.

Durante os testes, as equipes treinam o uso de ferramentas e trajes espaciais (Imagem: Reprodução/NASA/NASA)
Durante os testes, as equipes treinam o uso de ferramentas e trajes espaciais (Imagem: Reprodução/NASA/NASA)

Welsh também explicou que serão reunidos feedbacks sobre as ferramentas necessárias para caminhadas espaciais e outros procedimentos. Assim, os testes são direcionados à avaliação das instalações do laboratório para testes de spacewalks do programa Artemis e treinamento da tripulação. Para isso, os astronautas estão treinando diversas tarefas, como a coleta de amostras de regolito lunar, o exame de um lander lunar e até o posicionamento de uma bandeira norte-americana. Ainda, existem também fundamentos que as equipes precisam levar em conta e buscar formas de aprimorar, como formas seguras de subir e descer escadas e como realizar spacewalks em condições de luz diferentes daquelas da era Apollo.

Com estes testes, as equipes poderão trabalhar no planejamento da missão de forma mais precisa, definindo quantos spacewalks serão realizados, a duração destas caminhadas e o quanto a tripulação poderá se afastar do lander. Embora a NASA seja experiente na preparação dos astronautas para estas caminhadas espaciais em microgravidade, o treinamento para as missões na Lua terá alguns novos desafios. “Estes testes do NBL são valiosos para entendermos a performance humana e garantir que os astronautas terão o máximo de segurança possível”, comenta Welsh.

As equipes estão desenvolvendo o treinamento de operações em superfícies da Lua (Imagem: Reprodução/NASA/NASA)
As equipes estão desenvolvendo o treinamento de operações em superfícies da Lua (Imagem: Reprodução/NASA/NASA)

Além dos testes do NBL, as equipes também estão utilizando uma área externa rochosa que simula características do terreno da superfície lunar. Welsh diz que a NASA é experiente com a Estação Espacial Internacional, mas ainda precisa treinar a tripulação para operações na superfície em missões específicas. “Ainda há muito trabalho a ser feito para que as instalações estejam prontas para missões lunares”, finaliza ele. Então, conforme as atividades continuam, a equipe vai expandir o escopo de testes com planos para completar o cronograma das caminhadas espaciais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: