Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,06 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    56.152,74
    -5.215,07 (-8,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,61 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,67 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    -5,50 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6903
    -0,0308 (-0,46%)
     

Astronautas da NASA finalizam manutenção em sistemas da ISS durante spacewalk

Danielle Cassita
·3 minuto de leitura

Neste sábado (13), os astronautas Victor Glover e Michael Hopkins, da NASA, realizaram um spacewalk com duração de 6 horas e 47 minutos. Durante as atividades desta que foi a 237º caminhada espacial feita para manutenções, eles conseguiram finalizar os processos de manutenção do sistema de resfriamento e comunicação da Estação Espacial Internacional (ISS), além de encerrar atividades que foram iniciadas em spacewalks anteriores.

Eles saíram pela trava de ar Quest, dando início ao spacewalk às 10h14, no horário de Brasília. A primeira atividade do cronograma foi descartar resíduos de dois componentes usados para resfriamento e para o rastreio de vazamentos, que fazem parte do sistema de controle de temperatura da estação. Eles conseguiram finalizar a liberação dos resíduos, que estavam retidos em dois cabos; durante o procedimento, notaram que um liberou mais cristais de amônia do que eles esperavam.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Eles observaram que os trajes não pareceram contaminados por fragmentos dos cristais de amônia, algo que exige atenção devido aos riscos de contaminação: “quando lidamos com a amônia, é preciso ter atenção extra devido à preocupação da contaminação da amônia nos trajes que, se forem levados para o interior da estação, representam uma potencial atmosfera tóxica para a ISS e a tripulação”, explicou Chris Edelen, diretor de voo e de spacewalks.

Após completar a liberação dos resíduos e recolocação de cabos, Glover instalou um transceptor sem fio de câmera perto da central do módulo Unity, adicionando uma cobertura térmica para manter fechada a cobertura próxima da Quest. Enquanto isso, Hopkins trabalhou na parte da estação em que está o módulo laboratorial Columbus, da Agência Espacial Europeia (ESA). Ali, estava anexada a plataforma de experimentos Bartolomeo, que era onde os astronautas tiveram dificuldades para terminar as conexões elétricas em spacewalks anteriores.

Confira a visão da câmera de alta definição, instalada no capacete de Mike Hopkins:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Hopkins também teve alguns problemas durante a tarefa, mas conseguiu inserir e firmar três de quatro cabos de energia e cabos. Por fim, ele reconfigurou uma antena de rádio no módulo Columbus, que havia parado de funcionar corretamente depois de uma atualização. Posteriormente, a dupla começou a preparar cabos, que serão usados para uma futura rede Wi-Fi expandida. Com isso, eles optaram por adiar a instalação de garras da plataforma Bartolomeo para outro spacewalk.

As tarefas principais que Hopkins e Glover realizaram deveriam ter sido finalizadas em spacewalks feitos no início do mês, mas precisaram ser adiadas por causa da instalação das estruturas necessárias para novos painéis solares, que serão enviados em uma missão de abastecimento lançada pela SpaceX. Estes novos componentes vão ficar na frente dos que já estão instalados, e deverão aumentar o fornecimento de energia para a ISS em até 30%. No sábado, Glover fez o quarto spacewalk de sua carreira, alcançando o total de 26 horas e 7 minutos de atividades. Já Hopkins realizou o quinto, com um total de 32 horas e 1 minuto de caminhadas espaciais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: