Mercado abrirá em 39 mins
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,48
    +1,04 (+1,26%)
     
  • OURO

    1.776,70
    +11,00 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    62.134,70
    +856,49 (+1,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,27
    -1,37 (-0,09%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.209,04
    +5,21 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.347,25
    +56,75 (+0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4196
    +0,0281 (+0,44%)
     

Astronautas chineses retornam à Terra após missão espacial de 90 dias

·1 minuto de leitura
(Arquivo) Os três astronautaa chineses antes da decolagem da missão espacial Shenzhou-12, em 17 de junho de 2021 no deserto de Gobi (AFP/GREG BAKER)

Três astronautas chineses retornaram nesta sexta-feira (17) à Terra após um período recorde de três meses a bordo da estação espacial do país, que está em construção.

Os três homens decolaram em 17 de junho do deserto de Gobi, noroeste da China. A missão Shenzhou-12 foi a mais longa do país no espaço.

Com o auxílio de paraquedas, a cápsula pousou nesta sexta-feira às 13H35 (2H35 de Brasília) no deserto de Gobi, segundo imagens exibidas pelo canal estatal CCTV, que informou que os tripulantes estavam em boas condições de saúde.

A missão representa uma nova etapa no ambicioso programa espacial chinês, que já possui sondas na Lua e em Marte e prevê o envio de astronautas à Lua até 2030.

A CCTV exibiu ao vivo o retorno dos três homens, com direito a imagens de uma câmera a bordo da cápsula que mostrou o voo em grande velocidade sobre o deserto.

Durante a missão, os astronautas trabalharam na instalação da estação espacial que teve o primeiro elemento lançado em abril. Eles fizeram várias saídas ao espaço.

A missão Shenzhou-12 foi a terceira das 11 que serão necessárias para a construção da estação espacial, entre 2021 e 2022. Quatro missões serão tripuladas.

Uma vez concluída, a estação Tiangong (Palácio celestial) terá dimensões similares a da antiga estação soviética Mir (1986-2001) e deve ter uma vida útil de pelo menos 10 anos, segundo a agência espacial chinesa.

ehl/sbr/pz/mas-mis/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos