Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.030,45
    -205,30 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.487,28
    +679,07 (+1,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    94,01
    +2,08 (+2,26%)
     
  • OURO

    1.800,90
    -12,80 (-0,71%)
     
  • BTC-USD

    24.185,14
    +514,64 (+2,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    573,07
    -1,68 (-0,29%)
     
  • S&P500

    4.207,27
    -2,97 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    33.336,67
    +27,16 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.465,91
    -41,20 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    20.082,43
    +471,59 (+2,40%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.307,75
    -84,25 (-0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3220
    +0,0756 (+1,44%)
     

Astronautas chineses entram no segundo módulo de sua estação espacial

Três astronautas entraram no novo módulo da estação espacial da China pela primeira vez nesta segunda-feira, em uma etapa fundamental para colocar esta plataforma em órbita até o final deste ano.

A estação é parte de um ambicioso programa espacial de Pequim, que enviou veículos robóticos -conhecidos como rovers- a Marte e à Lua, em operações que fizeram do gigante asiático o terceiro país a enviar seres humanos ao espaço.

Uma vez colocada em órbita, a Tiangon (Palácio Celestial) será tripulada por três astronautas em esquema de revezamento. Os astronautas realizarão experiências científicas e ajudarão a testar novas tecnologias.

A China lançou no domingo o segundo dos três módulos da estação espacial, chamado Wentian, que se acoplou nesta segunda-feira à nave central, Tianhe.

Algumas horas depois, os três astronautas que ocupam o módulo central desde junho abriram a escotilha e entraram na Wentian, mostraram as imagens da emissora estatal chinesa CVTV.

A tripulação, vestida com macacões azuis, flutuou em torno do módulo e em seguida acenou para a câmara.

Wentian focará na investigação científica e de biotecnologia, de acordo com a agência de notícias chinesa, Xinhua.

O módulo contará com um compartimento para abrigar três astronautas adicionais e até seis pessoas durante as trocas de tripulação.

O terceiro e último módulo, outro laboratório denominado Mengtian, tem lançamento previsto para outubro.

Tiangong permanecerá em órbita a cerca de 400-450 quilômetros (250-280 milhas) da terra durante pelo menos 10 anos.

bur-qan/rox/leg/rsc/zm/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos