Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.293,61
    -775,49 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Astro de "Bridgerton" foi vetado como avô do Superman por ser negro

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
O ator Regé-Jean Page em 'Bridgerton' (Foto: Liam Daniel/Netflix)
O ator Regé-Jean Page em 'Bridgerton' (Foto: Liam Daniel/Netflix)

Resumo da notícia:

  • Regé-Jean Page, o Duque de Hastings de "Bridgerton", fez teste para viver o avô do Superman na série "Krypton", mas teria sido vetado do papel por ser negro

  • A decisão teria partido de Geoff Johns, então diretor da DC Films

  • O executivo também é acusado de vetar personagem homossexual na série

Regé-Jean Page, o Duque de Hastings de "Bridgerton", foi vetado do papel de avô de Clark Kent, o Superman, na série "Krypton" por ser negro. A revelação foi feita por reportagem do Hollywood Reporter.

De acordo com a publicação, o ator teria sido barrado em um teste pelo ex-presidente da DC Films, Geoff Johns. "Johns, que supervisionava o projeto, disse que Superman não poderia ter um avô negro", diz a reportagem assinada por Kim Masters.

Leia também:

A decisão teria sido tomada contra a vontade da equipe criativa da série, que queria escalar atores de modo não tradicional. O ator Cameron Cuffe levando a melhor na disputa com Page e ficou com o papel.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Orientação sexual de personagem

FILE - In this Jan. 9, 2018 file photo, President and Chief Creative Officer at DC Entertainment Geoff Johns participates in the
Geoff Johns fala sobre "Krypton" em evento realizado em 2018 (Photo by Willy Sanjuan/Invision/AP, File)

Johns ainda teria barrado outra decisão do corpo de roteiristas envolvendo minorias: a princípio o super-herói Adam Stranger, vivido por Shaun Sipos, seria gay ou bissexual, algo que não teria sido aceito pelo executivo.

Em comunicado enviado à revista, um representante de Johns, que comandou o departamento criativo da DC Entertainment entre 2010 e 2018, se defendeu das alegações.

"Geoff celebra e apoia personagens LGTBQ, incluindo a Batwoman, que, em 2006, foi reintroduzida como LGBTQ em uma série de quadrinhos coescrita por Johns", falou o representante sobre Strangler.

Quanto ao caso de Page, rejeitado antes de conseguir a fama com "Bridgerton", Johns alega que “acreditava que os fãs esperava que o personagem fosse parecido com uma versão mais jovem do Henry Cavill”.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.