Mercado abrirá em 2 h 54 min
  • BOVESPA

    115.882,30
    -581,70 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.262,01
    -791,59 (-1,76%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,45
    -0,40 (-0,76%)
     
  • OURO

    1.839,90
    -9,00 (-0,49%)
     
  • BTC-USD

    31.026,51
    -682,19 (-2,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    625,21
    -2,45 (-0,39%)
     
  • S&P500

    3.750,77
    -98,85 (-2,57%)
     
  • DOW JONES

    30.303,17
    -633,83 (-2,05%)
     
  • FTSE

    6.466,52
    -100,85 (-1,54%)
     
  • HANG SENG

    28.550,77
    -746,76 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.197,42
    -437,79 (-1,53%)
     
  • NASDAQ

    12.940,25
    -165,25 (-1,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5480
    -0,0057 (-0,09%)
     

AstraZeneca/Oxford pede à União Europeia autorização para sua vacina

·1 minuto de leitura
Foto: Joe Giddens/Pool via REUTERS
Foto: Joe Giddens/Pool via REUTERS

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) informou, nesta terça-feira (12), que a AstraZeneca e a Universidade de Oxford solicitaram a autorização para o uso de sua vacina contra o coronavírus na União Europeia (UE).

"A EMA recebeu uma solicitação para uma autorização condicional de comercialização da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford", de acordo com um comunicado divulgado pelo regulador europeu.

Leia também

Se for aprovada, este será o terceiro imunizante disponível nos 27 países da UE, que buscam acelerar as campanhas de vacinação. Já foram aprovados os fármacos da Pfizer/BioNTech e da Moderna.

A EMA disse que vai acelerar a avaliação da nova vacina e que a decisão sobre a autorização pode ser divulgada até 29 de janeiro, "desde que os dados apresentados sobre qualidade, segurança e eficácia (...) sejam suficientemente sólidos e completos".

***Da AFP