Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.546,96
    +695,78 (+2,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Astra pode ter desistido de plano para testar reforço nos EUA

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- A AstraZeneca pode ter abandonado os planos de testar sua vacina contra a Covid-19 como reforço nos Estados Unidos, de acordo com carta enviada aos participantes do ensaio clínico, que recomendava aos voluntários buscarem uma terceira dose em outro centro.

Most Read from Bloomberg

Após conversas com o governo dos Estados Unidos, ficou claro que a farmacêutica do Reino Unido dificilmente daria continuidade aos planos para avaliar uma terceira dose de sua vacina, disse o Montefiore Medical Center, de Nova York, a participantes do ensaio na terça-feira.

“Sabíamos isso há não muito tempo, e esperávamos que houvesse um anúncio formal da AstraZeneca”, dizia a carta. “Na ausência de um anúncio formal, estamos enviando essas informações para o interesse de sua saúde.”

A Astra, uma das primeiras a desenvolver uma vacina contra a Covid, ainda precisa obter autorização para vender o imunizante nos EUA em meio a dúvidas sobre os resultados de seus ensaios clínicos e efeitos colaterais. Como resultado, o produto ficou em segundo plano em relação às vacinas rivais de RNA mensageiro fabricadas pela Moderna e pela parceria Pfizer-BioNTech.

Barry Zingman, médico que supervisionou o ensaio no Montefiore, aconselhou os participantes do ensaio da vacina da Astra que não receberam uma terceira dose a buscarem o reforço fora do estudo, tendo mencionado os imunizantes da Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson. Os voluntários que tomarem uma dessas vacinas ainda podem permanecer no estudo, disse.

O desempenho como reforço da vacina da Astra, desenvolvida com a Universidade de Oxford, ficará mais claro nos próximos dias, quando o Reino Unido divulgar um estudo comparando o desempenho de sete imunizantes diferentes contra a Covid administrados como terceira dose.

Um porta-voz da Astra não quis comentar. Não está claro se haverá uma dose de reforço da Astra, disse o Montefiore. Por isso, o hospital, incentivou os voluntários a receberem outra vacina de reforço à luz das recomendações de imunização de autoridades de saúde.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos