Mercado abrirá em 42 mins
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,30
    +1,73 (+1,58%)
     
  • OURO

    1.827,50
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    21.059,52
    -228,19 (-1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,84
    -1,95 (-0,42%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.352,33
    +94,01 (+1,30%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.097,75
    +57,25 (+0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5257
    -0,0184 (-0,33%)
     

Asteroide que será visitado pela sonda Lucy tem uma lua e missão ganha novo alvo

A sonda Lucy, da NASA, foi lançada ao espaço em outubro do ano passado para estudar oito asteroides troianos localizados na mesma órbita de Júpiter. Mas enquanto a nave segue viagem, a equipe da missão foi surpreendida ao descobrir um nono alvo da missão: uma lua acompanhando um destes asteroides.

A missão Lucy é a primeira dedicada a estudar os asteroides troianos, considerados “sobras” do Sistema Solar que podem revelar informações valiosas sobre o nascimento do nosso sistema planetário. Entre 2027 e 2033 a sonda visitará oito destes asteroides, após conferir um objeto do Cinturão de Asteroides em 2025.

Trajetória orbital da missão Lucy (Imagem: Reprodução/Southwest Research Institute)
Trajetória orbital da missão Lucy (Imagem: Reprodução/Southwest Research Institute)

Entre os asteroides troianos que serão visitados pela Lucy está o Polymele, cujo companheiro acaba de ser descoberto pela equipe da missão. O satélite foi avistado em março, enquanto o asteroide passava brevemente em frente a uma estrela.

A ocultação da estrela, observada da Terra, ajudaria a equipe a determinar o formato de Polymele, que aparecia como um ponto brilhante nas imagens de telescópios. Mas além do formato bem definido, os pesquisadores observaram um objeto a 200 km de distância do asteroide.

O objeto tem tamahho estimado em 5 km de diâmetro e está quase perfeitamente no plano equatorial do asteroide. A equipe o nomeou temporariamente de “Shaun the Sheep” (Shaun, o Carneiro) em referência à animação Wallace and Gromit (1995). São necessárias mais informações sobre a posição e órbita da lua para definir seu nome.

O asteroide Polymele tem um formato de “esferoide oblato” (pense em uma esfera “amassada” nos polos), medindo 27 km de comprimento e 13 km de largura. Sua forma indica que, provavelmente, ele é um bloco de construção que sobrou do jovem Sistema Solar, há mais de 4,5 bilhões de anos.

Vale lembrar que outro asteroide a ser visitado pela sonda, o Eurybates, também tem uma lua. A companheira do asteroide foi descoberta em 2020 pelo telescópio espacial Hubble, e tem menos de 1 km de diâmetro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos