Mercado fechará em 6 h 54 min

Assista ao vivo missão da NASA que vai colidir com asteroide hoje

Missão DART da NASA será transmitida ao vivo pela agência espacial (JIM WATSON/AFP via Getty Images)
Missão DART da NASA será transmitida ao vivo pela agência espacial (JIM WATSON/AFP via Getty Images)
  • Transmissão acontecerá no canal oficial da NASA em seu site e no YouTube;

  • Impacto deve acontecer por volta das 19:14, afirmaram os cientistas;

  • DART é o primeiro teste da agência em suas capacidades de alterar a rota de asteroides.

A colisão entre a espaçonave DART e o asteroide Dimorphos está prevista para acontecer nesta segunda-feira, segundo a NASA. Se o feito não fosse impressionante por si só, o acontecimento será transmitido ao vivo pela agência espacial.

A missão DART (Teste de Redirecionamento de Asteroide Duplo em tradução livre) tem como objetivo mudar a trajetória do asteroide Dimorphos, no primeiro teste da agência de sua capacidade de alterar a rota de um objeto espacial que poderia causar ameaças à Terra.

O asteroide foi escolhido tanto pelo seu tamanho, cerca de 100 metros de diâmetro, quanto pelo fato dele orbitar um outro asteroide maior que ele, Didymos, que tem cerca de 800 metros de diâmetro. Ou seja, o impacto da DART terá que ser potente o suficiente para alterar não só a trajetória de Dimorphos, mas também para superar o poder gravitacional exercido pelo irmão maior.

A colisão será observada por astrônomos de todo o mundo, com inclusive os telescópios espaciais James Webb e Hubble apontando suas lentes para o local previsto de impacto. Mas isso não quer dizer que nós teremos de esperar algumas semanas para ver imagens do acontecimento.

A NASA irá realizar uma transmissão ao vivo da colisão através do canal NASA TV em seu site e no YouTube. A transmissão terá início às 18:30, com o impacto acontecendo aproximadamente às 19:14, segundo os cientistas.

As imagens exibidas serão transmitidas pela própria DART, que leva consigo uma câmera que vem enviando imagens conforme a espaçonave se aproxima do objeto rochoso. A NASA também enviou para a órbita do planeta o satélite LICIACube, que irá gravar filmagens do impacto.

De acordo com Edward Reynolds, do Laboratório de Física Aplicada Johns Hopkins, a última imagem que será exibida provavelmente será de dois segundos e meio antes do choque acontecer. “Então, o campo de visão será completamente preenchido com esta bela imagem de Dimorphos.”