Mercado fechado

As 16 coisas mais bizarras que Elon Musk disse acreditar

O CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, tem uma maneira curiosa de ver o mundo e o universo.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Em agosto, ele repetiu sua crença de que os humanos deveriam lançar armas termonucleares em Marte para aquecer o planeta, entre as opiniões que ele costuma compartilhar.

Leia também

Veja outras 16 opiniões excêntricas do bilionário a respeito de tudo, de Marte à inteligência artificial. As informações são do Business Insider.

1 – Musk disse que quer começar a enviar seres humanos para Marte até 2024

“O encontro orbital Terra-Marte é apenas a cada 26 meses, então haverá um em 2018; haverá outro em 2020. E eu acho que se as coisas correrem conforme o planejado, poderemos lançar pessoas provavelmente em 2024 com a chegada em 2025”, disse ele em junho de 2016. Musk reiterou sua ideia em 2017, embora não tenha cumprido sua linha do tempo para enviar um voo de carga para Marte em 2018.

2 – Ele até compartilhou sua visão de um governo marciano

“Acho que provavelmente a forma de governo em Marte seria uma democracia direta, não representativa”, disse ele durante a conferência Code em 2016. “Então, as pessoas votariam diretamente nas questões. E acho que isso provavelmente é melhor porque o potencial para a democracia diminui substancialmente”, disse.

3 - E ele não está apenas interessado em que pessoas que sobrevivam em Marte, como também quer uma cidade próspera

Musk disse pensar no planeta vermelho incluindo tudo, desde “fundições de ferro a pizzarias”.

4 – Mas Musk também disse que quem fizer a primeira jornada a Marte deve estar "preparado para morrer"

“A primeira jornada a Marte será realmente muito perigosa”, disse ele em 2016. "O risco de fatalidade será alto. Não há maneira de contornar isso".

5 – E ele falou que atingir Marte com armas termonucleares

A ideia é bombardear Marte com armas nucleares para aquecer o planeta a ponto de torná-lo relativamente confortável aos futuros exploradores humanos.

Foto: AP/Alex Gallardo

6 – Se Marte não despertar seu interesse, você ainda poderá fazer um passeio em um foguete SpaceX pelo mundo

“O que a maioria das pessoas consideram ser viagem de longa distância seria concluída em menos de meia hora”, disse ele em um congresso na Austrália, em 2017.

7 – Mas se você decidir arriscar e viajar para Marte, Musk disse que morrer no espaço não seria necessariamente ruim

“Acho que se você escolher um lugar para morrer, então Marte provavelmente não é uma má escolha”, disse ele há três anos.

8 - Sobre esse assunto, Musk disse que convencer as pessoas de usar carros autônomos é o mesmo que matá-las

Musk fez essas observações em outubro de 2016, quando criticou a cobertura da mídia sobre acidentes envolvendo veículos da Tesla em piloto automático. “Uma coisa que devo mencionar é que, francamente, tem sido bastante perturbador para mim o grau de cobertura da mídia nos acidentes com o piloto automático”, disse ele, acrescentando que "basicamente não é quase nenhum relativo à escassez de cobertura da mídia sobre o 1,2 milhão de pessoas que morrem todos os anos em acidentes manuais”.

9 – Ele também comparou uma empresa que se responsabiliza por acidentes envolvendo carros semiautomáticos a ficar presa em um elevador

“Não, acho que isso dependeria do seguro do indivíduo”, disse Musk em 2016, quando questionado se a Tesla aceitaria a responsabilidade se fosse capaz de desenvolver carros autônomos e eles sofressem um acidente. “O ponto de vista de carros autônomos é como estar preso em um elevador de um prédio. A Otis [fabricante de elevadores] assume a responsabilidade por todos os elevadores do mundo? Não.”

10 – Quando não está planejando enviar humanos para Marte, Musk debate regularmente se os humanos realmente existem no videogame de outra civilização

“Eu tive tantas discussões sobre simulação que é loucura”, disse ele na Code Conference da Vox Media em 2016. “De fato, chegou ao ponto em que basicamente todas as conversas eram de simulação de barra de Inteligência Artificial, e meu irmão e eu finalmente concordamos que proibiríamos essas conversas se estivéssemos em uma banheira de água quente. Isso realmente mata a magia”.

11 – Para ele, é mais provável que vivamos em uma simulação do que na realidade real

“Há uma chance de um bilhão para um de vivermos na realidade base”, afirmou em 2016.

12 – De fato, os humanos devem realmente torcer para que estejamos vivendo algum tipo de simulação, disse ele

“Então, talvez devêssemos ter esperança de que seja uma simulação, porque, caso contrário, criaremos simulações indistinguíveis da realidade ou a civilização deixará de existir”.

13 – O CEO da Tesla também disse que os seres humanos “já são ciborgues”

Musk disse que nossa capacidade de ter uma presença digital por e-mail e mídias sociais nos dá “superpoderes” como um ciborgue. “Você tem mais poder do que o presidente dos Estados Unidos há 20 anos”, declarou. “Você pode responder a qualquer pergunta, pode fazer videoconferência com qualquer pessoa, em qualquer lugar. Você pode enviar mensagens para milhões de pessoas instantaneamente. Basta fazer coisas incríveis”.

14 – Ele teme que nos tornemos “gatos domésticos” da inteligência artificial

“Eu não amo a ideia de ser um gato doméstico, mas qual é a solução?”, disse na mesma entrevista. “Acho que uma das soluções que parece a melhor é adicionar uma camada de IA [ao cérebro humano]. Uma terceira camada digital que poderia funcionar como uma simbiose com o resto do seu corpo”, completou.

15 – Musk já disse que a IA pode ser nossa “maior ameaça existencial”.

“Precisamos ter muito cuidado com a inteligência artificial”, disse ele em 2014. “Estou cada vez mais inclinado a pensar que deve haver alguma supervisão regulatória, talvez nos níveis nacional e internacional, apenas para garantir que não se faça algo muito tolo. Com inteligência artificial, estamos convocando o demônio.”

16 – Ele também fundou uma startup, a Neuralink, que deseja implantar chips no cérebro das pessoas para criar uma interface “cérebro-computador”.

O objetivo da Neuralink é alcançar “simbiose com inteligência artificial”, disse Musk durante uma apresentação em julho.