Mercado abrirá em 52 mins
  • BOVESPA

    95.368,76
    -4.236,78 (-4,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.393,71
    -607,60 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,08
    -1,31 (-3,50%)
     
  • OURO

    1.879,00
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    13.105,14
    -58,25 (-0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,88
    -13,81 (-5,07%)
     
  • S&P500

    3.271,03
    -119,65 (-3,53%)
     
  • DOW JONES

    26.519,95
    -943,24 (-3,43%)
     
  • FTSE

    5.594,25
    +11,45 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.251,00
    +118,25 (+1,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7193
    -0,0151 (-0,22%)
     

Artistas de Hollywood que já criticaram ou foram preconceituosos com o Brasil

Rafael Monteiro
·4 minutos de leitura
Sylvester Stallone, Jamie Foxx e Taylor Lautner: por motivos diferentes, eles criticaram o Brasil (reprodução).
Sylvester Stallone, Jamie Foxx e Taylor Lautner: por motivos diferentes, eles criticaram o Brasil (reprodução).

Assim como outros países latino-americanos, o Brasil é alvo de muito preconceito no exterior. Tal problema já ficou escancarado em algumas falas preconceituosas de astros de Hollywood sobre o nosso país - muitas vezes disfarçadas de piadas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Mas, claro, também somos passíveis de críticas justas por causa do nosso relacionamento, digamos, passional com os nossos ídolos. Alguns atores já reclamaram disso e não tiramos a razão deles.

Leia também

Mostrando casos desses dois tipos, apresentamos falas marcantes de atores de Hollywood sobre o nosso país. Alguns renderam pedidos de desculpas - e uma delas até campanha de publicidade. Confira abaixo:

Sylvester Stallone

Durante a Comic-Con de 2010, o ator afirmou que rodar "Os Mercenários" no Brasil lhe permitiu mais "liberdades" como diretor. “Você pode explodir o país inteiro e eles vão dizer ‘obrigado, e aqui está um macaco para você levar de volta para casa’”, disse ele. Após a fala preconceituosa, Stallone se desculpou: "e tentei fazer um tipo humor e fui muito infeliz. Tudo que eu tenho pelo grande país que é o Brasil é muito respeito”.

Robin Williams

Em 2009, Robin Williams comentou o fato do Brasil ter sido escolhido para sediar os Jogos Olímpicos de 2016 e fez uma piada, acusando o nosso país de ter "subornado" os membros do Comitê Olímpico Internacional. "Espero que a [apresentadora de TV] Oprah não esteja chateada em perder a Olimpíada. Chicago mandou Oprah e Michelle [Obama, primeira-dama dos Estados Unidos], e o Brasil mandou 50 strippers e meio quilo de cocaína. Não foi muito justo, sabe?", afirmou no programa de David Letterman. Em entrevista ao jornal Estado de S.Paulo, dois anos anos depois, o ator se desculpou: "Eu li um artigo sobre os assaltos e sequestros no Brasil. Daí escolhem o Rio, sabe? Soube que alguns políticos brasileiros ficaram realmente bravos comigo. E eu só sabia falar: 'Tudo bem?' e 'Obrigado'. Eu disse que Chicago mandou Oprah Winfrey e Michelle Obama, enquanto vocês levaram 50 strippers e cocaína. Droga, ofendi todo mundo! Me desculpe! É o que acontece com comédia. Quando você ultrapassa essa linha, tem gente que vai rir e gente que vai se ofender."

Jamie Foxx

Divulgando a animação infantil Rio em 2011, o ator se empolgou durante a visita ao Brasil e deu uma declaração preconceituosa. "Me senti atraído pelo projeto porque sempre gostei do Brasil. Na realidade, já conhecia o Brasil, só que só por meio de sites feitos para adultos", disse o ator. Até hoje, Foxx não se desculpou.

Chris Rock

Comedian Chris Rock hosts the 88th Academy Awards in Hollywood, California February 28, 2016.     REUTERS/Mario Anzuoni   TPX IMAGES OF THE DAY
Chris Rock REUTERS/Mario Anzuoni TPX IMAGES OF THE DAY

O comediante foi convidado pelo apresentador Jimmy Fallon em 2014 e deixou claro que não estava interessado na Copa do Mundo. O problema é que ele acabou ofendendo o Brasil no caminho. "Eu não me importo (com futebol", disse Rock. "Ninguém assiste a isso. O Brasil é conhecido somente pelas bundas. Todos os caras aqui sabem do que estou falando", complementou.

Taylor Lautner

O Jacob de "Crepúsculo" não teve boa impressão dos fãs brasileiros no auge da saga. Em entrevista ao programa "Late Show" em 2010, o ator contou que precisou fugir de algumas delas durante uma passagem por aqui. "No Brasil, eles são muito agressivos e gostam de contato físico. Kristen [Stewart] e eu fomos e quando chegamos ao aeroporto havia milhares de fãs. Assim que saímos, eles derrubaram as barreiras e nos agarraram pelas pernas e braços. Tivemos que andar com eles em cima de nós até o carro", disse o ator. "No hotel, dois mil fãs invadiram o saguão e sabiam em que andar estávamos dando entrevistas. Tentaram chegar ao andar, mas nossa segurança correu e trancou a porta. Nós perguntamos: 'O que houve?'. Disseram: 'Está tudo bem, fiquem calmos. É que duas mil garotas invadiram o saguão e passaram pela segurança, mas estamos chamando a Guarda Nacional'", finalizou. Dois anos depois, Lautner se explicou e disse que, apesar de sentir medo da reação das adolescentes, o país é maravilhoso.

Tyler James Williams

O astro de Todo Mundo Odeia o Chris já reclamou do comportamento dos brasileiros em suas redes sociais. Em 2018, o ator reclamou do excesso de mensagens dos fãs tupiniquins sobre a série exibida por anos na RecordTV. "Brasil, eu te amo, eu realmente amo, mas se você não parar com spamming (mandar muitas mensagens) nos meus comentários, vou precisar começar a bloquear", reclamou o ator. Aproveitando a repercussão do desabafo, Williams até protagonizou um comercial (com a dublagem clássica no programa) brincando com a situação.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube