Mercado abrirá em 5 h 12 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,13
    +0,26 (+0,33%)
     
  • OURO

    1.942,90
    -2,40 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    23.110,20
    +254,25 (+1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.771,70
    -13,17 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    22.046,97
    +204,64 (+0,94%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.114,25
    -37,75 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5201
    +0,0045 (+0,08%)
     

Artista usa IA para transformar Brasil e outros países em vilões

Um artista conseguiu transformar países em vilões de filmes com ajuda de um programa de inteligência artificial criador de imagens. Lucas Freitas selecionou diversas nações mundiais para virarem monstros, humanos e criaturas assustadoras com apoio da tecnologia do MidJourney.

O funcionamento dessa IA é idêntico ao DALL-E 2: você escreve uma descrição, com o maior número possível de detalhes, e a máquina faz o resto do serviço. O resultado são visuais realísticos, muito bem desenhados e que impressionam pelas características, todas relacionadas aos países mencionados.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O artista usou seu perfil no Instagram para divulgar o excelente trabalho. Ele pegou traços da cultura, elementos naturais ou aspectos físicos de cada local para montar seus personagens. O Brasil foi representado por uma árvore gigante viva, esverdeada, com olhos brilhantes e dentes macabros.

Já os Estados Unidos tiveram um vilão que mistura o Coringa, da série Batman, com as roupas do Tio Sam e o olho do Kano, de Mortal Kombat. Já o vilão do Catar parece a imagem de um profeta levitando sobre as nuvens e com um poder semelhante ao da Tempestade, de X-Men.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Algumas figuras são bem óbvias, como um guerreiro inca no Peru, um samurai maligno no Japão e um dragão oriental da China, mas as imagens são muito bonitas. Vale a pena tirar um tempinho para dar uma olhada nos vilões de cada país, pensando como a humanidade faria para enfrentá-los se fossem reais.

IA recria também super-heróis e objetos em estilos diferentes

Lucas também criou uma publicação apenas para mostrar os planetas do Sistema Solar como heróis. Em outro conteúdo, ele pediu ao MidJourney para recriar automóveis reais com estilo cyberpunk, resultando em uma mistura bastante curiosa.

Já são três posts separados contendo várias nações do mundo na pele de supervilões. É provável que Lucas continue a se aventurar na criação de conteúdo com outras temáticas, expandido as possibilidades de uso das IAs de geração de arte.

As IAs que transformam fotos de pessoas em arte ou criam personagens apenas a partir de texto estão em alta na internet. No ano passado, uma IA conseguia gerar vários Pokémon originais a partir de uma palavra ou texto. Já o aplicativo Reface liberou uma ferramenta de IA que transforma selfies em personagens famosos, como heróis ou ícones da cultura pop.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: