Mercado fechará em 2 h 44 min
  • BOVESPA

    112.968,37
    -1.095,99 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.276,77
    -187,50 (-0,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,18
    +0,88 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.751,20
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    42.028,20
    -2.323,19 (-5,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.046,17
    -56,89 (-5,16%)
     
  • S&P500

    4.450,78
    +1,80 (+0,04%)
     
  • DOW JONES

    34.753,91
    -10,91 (-0,03%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.281,25
    -22,25 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2481
    +0,0231 (+0,37%)
     

Arthur Zanetti chora ao falar do filho e recebe apoio de repórter: 'Nenhuma queda vai apagar sua história'

·1 minuto de leitura


Campeão olímpico em 2012 e medalha de prata em 2016, Arthur Zanetti deixa os Jogos Olímpicos de Tóquio sem pódio. O brasileiro fez boa apresentação na final das argolas nesta segunda-feira, mas foi para o 'tudo ou nada' e acabou errando a chegada, o que interferiu na nota (14.133) e o deixou na 8ª posição.

+ Veja a tabela do futebol masculino na Olímpiada!

O ginasta comentou a performance em entrevista à 'TV Globo', e se emocionou ao lembrar do filho Liam, que nasceu em setembro de 2020. Zanetti levou uma roupinha do bebê e mostrou na transmissão ao vivo após sua apresentação.

- O Liam está marcado na minha pele (mostra tatuagem), o macacãozinho estava na mochila... É voltar para casa e matar a saudade dele agora... Toda vez que lembro... É difícil... - diz, emocionado, antes de completar - É minha maior conquista, nenhuma medalha olímpica vai conseguir tirar essa conquista que tenho que é ele.

- Nenhuma queda vai apagar sua história, completou o repórter Carlos Gil.

Sobre a continuidade na carreira, Zanetti afirmou que agora só pensa na família e em descansar após o ciclo olímpico.

- A gente já fez o nosso papel, lá em 2012. O que viesse a partir de então era lucro (...) Agora eu não penso em mais nada, só estou querendo dar uma descansada. Não sei do ano que vem, não sei desse ano. Agora é dar uma relaxada na cabeça, não no corpo. A mente está precisando, Olimpíadas desgastam demais - disse o brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos