Mercado abrirá em 9 h 55 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,87
    +1,61 (+2,43%)
     
  • OURO

    1.787,10
    +3,20 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    48.935,50
    -27,40 (-0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.257,79
    -183,97 (-12,76%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.601,09
    -165,60 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    27.787,06
    -242,51 (-0,87%)
     
  • NASDAQ

    15.728,00
    +10,25 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3836
    -0,0117 (-0,18%)
     

Arthur Lira responsabiliza Senado e governo Bolsonaro por crise com novo Bolsa Família

·1 min de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 14.09.2021 - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 14.09.2021 - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), tem dito a aliados que o principal culpado pela crise que se instalou nos últimos dias no país é o Senado, e que o governo errou na condução do tema.

Ele responsabiliza a Casa por não ter votado o projeto de lei que altera o IR (Imposto de Renda), que era o plano inicial de Paulo Guedes (Economia) para dar respaldo ao Auxílio Brasil.

Lira disse a colegas do Congresso que o governo deveria ter enfrentado o debate. Que deveria ter falado publicamente que o Senado estava travando a opção dentro do teto de gastos e que, diante disso, para não abandonar 20 milhões de pessoas, teria que buscar uma alternativa extra-teto.

A reforma do IR é considerada morta por senadores. Segundo relatos, até Guedes já havia jogado a toalha.

Com o projeto parado, o governo passou a buscar outra forma para garantir o Auxílio Brasil. O anúncio do programa veio, então, com uma manobra que dribla a regra do teto de gastos, o que provocou alvoroço no mercado, com queda da bolsa e aumento do dólar.

O presidente da Câmara ainda afirmou que a Casa comandada por Rodrigo Pacheco (DEM-MG) está se curvando às pressões dos bancos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos