Mercado fechará em 2 h 56 min

Arthur Aguiar nega que foi demitido de 'Gênesis', na Record, por 'desobediência'

Redação Vida e Estilo
·1 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Instagram/@arthuraguiar
Foto: Reprodução/Instagram/@arthuraguiar

Arthur Aguiar usou suas redes sociais nesta sexta-feira (08) para falar sobre as últimas notícias que circularam na web sobre sua demissão da novela 'Gênesis', na Record, por conta de possíveis problemas disciplinares. Nos Stories, ele negou os boatos de insubordinação e afirmou que a rescisão contratual surgiu após um descontentamento dele com 'problemas de organização' da equipe da novela.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A informação sobre 'insubordinação' de Arthur foi publicada pela colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia'. De acordo com a jornalista, o ator não vinha cumprindo horários e teria faltado a provas de figurino, deixado de decorar textos e outras desobediências, como cortar o cabelo e a barba.

Leia também

"Estava deixando o meu cabelo crescer por causa da novela. Eu nunca gostei de cabelo grande, foram eles que pediram para eu deixar o cabelo crescer", explicou Arthur, que mostrou um 'print' da equipe do programa pedindo que ele não cortasse o cabelo.

Ele continua explicando sua saída da trama: "Tenho bastante respeito e carinho pela Record pelo trabalho que tivemos lá atrás. O motivo de a gente ter rescindido o contrato foi uma insatisfação da minha parte por questões de organização. Não vou entrar em detalhes".

Arthur será substituído por Juliano Laham. Ele viverá o papel de José do Egito na novela bíblica. Laham será o terceiro ator no papel, já que antes de Arthur, ele também já tinha sido de Andre Bankoff.