Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.009,37
    -13,91 (-0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Artemis I | Nave Orion realiza seu primeiro sobrevoo pela Lua

Enquanto avança na missão Artemis I, a cápsula Orion fez seu primeiro sobrevoo da Lua nesta segunda-feira (21). Durante a manhã, na aproximação máxima, a nave ficou a cerca de 130 km da superfície lunar. Depois, ela acionou seus motores para ajustar sua trajetória e, assim, se prepara para entrar na órbita da Lua em alguns dias.

A nave Orion está viajando à Lua desde a última semana, quando foi lançada pelo foguete Space Launch System (SLS). Desde então, ela já acionou seus motores três vezes para corrigir sua trajetória, e entrou na esfera de influência lunar às 16h09 (horário de Brasília), no domingo (20).

Isso significa que, a partir daquele momento, a principal força gravitacional atuando na nave estava vindo da Lua, e não da Terra. Durante a noite, a Orion realizou um quarto ajuste de trajetória, em preparação para o sobrevoo por nosso satélite natural e marcando a primeira de duas manobras necessárias para a nave iniciar a órbita retrógrada distante ao redor da Lua.

O sobrevoo estava programado para começar às 9h44, no horário de Brasília; cerca de 15 minutos depois, a nave chegou à aproximação máxima da superfície lunar, ficando a apenas 128 km desta. Os engenheiros da missão estimam que pederam a comunicação com a Orion por cerca de 34 minutos, enquanto ela viajava por trás da Lua.

A Artemis I é a primeira missão do programa Artemis. Com duração de aproximadamente 25 dias, a missão deverá ser encerrada com o retorno da Orion à Terra, no dia 11 de dezembro. Se tudo correr bem com a Artemis I, a NASA irá se preparar para a missão Artemis II, que levará astronautas para a órbita lunar por volta de 2024.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: