Mercado abrirá em 8 h 12 min
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,55
    +2,06 (+2,59%)
     
  • OURO

    1.670,50
    -1,50 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    19.124,78
    -190,00 (-0,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,77
    -8,65 (-1,95%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.018,62
    -204,21 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    26.060,97
    +123,76 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    10.971,25
    -64,25 (-0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3114
    +0,0035 (+0,07%)
     

Artemis I: NASA quer fazer nova tentativa de lançamento em 23 de setembro

Após dois lançamentos da missão Artemis I suspensos, a NASA fará novas tentativas nos dias 23 e, se necessário, 27 de setembro — contanto que uma série de requisitos sejam cumpridos. As informações vêm de uma entrevista coletiva concedida por Jim Free, administrador associado de desenvolvimento de sistemas na agência espacial, nesta quinta-feira (8).

A NASA fez uma primeira tentativa de lançamento no dia 29 de agosto, mas recuou em função de uma falha no resfriamento de um dos motores do foguete Space Launch System (SLS). Já em uma nova tentativa, no dia de 3 setembro, o lançamento acabou suspenso devido a um vazamento de hidrogênio líquido. Agora, a agência espacial precisa consertar o vazamento substituindo uma vedação em uma linha de combustível do propulsor do SLS.

A missão Artemis I será lançada com o foguete Space Launch System (Imagem: Reprodução/NASA/Joel Kowsky)
A missão Artemis I será lançada com o foguete Space Launch System (Imagem: Reprodução/NASA/Joel Kowsky)

O trabalho de substituição está em andamento no Kennedy Space Center, na Flórida. Depois, o foguete SLS precisará passar por um teste de abastecimento para os técnicos verificarem se o conserto funcionou — o teste não deverá acontecer antes do dia 17 de setembro, e Free observou que pode ser adiado em um ou dois dias. Mesmo que este seja o caso, as janelas dos dias 23 e 27 serão mantidas. Vale lembrar, no entanto, que estas datas dependem de requisitos variados.

Um deles é uma espécie de isenção da NASA, que será necessária para a agência estender o tempo para análises das baterias do sistema de terminação de voo (FTS), do SLS. Este sistema é responsável por destruir o foguete se ele, por algum motivo, se desviar de seu percurso durante o lançamento. Como a Força Espacial dos Estados Unidos exige testes periódicos do sistema, a NASA pode precisar de mais tempo para o lançamento.

Se tudo correr bem e a agência espacial puder manter as datas planejadas, Free afirmou que o lançamento no dia 23 de setembro poderá ocorrer dentro de uma janela de 120 minutos que se abrirá às 07h47, no horário de Brasília. A missão teria retorno previsto para o dia 18 de outubro. Já no dia 27, o lançamento poderá acontecer às 12h37 no horário de Brasília, no início de uma janela de 70 minutos. Neste caso, a missão retornaria no dia 5 de novembro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: