Mercado fechará em 1 h 52 min
  • BOVESPA

    121.920,47
    +119,26 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.260,24
    +64,81 (+0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,96
    +0,81 (+1,19%)
     
  • OURO

    1.803,20
    -7,30 (-0,40%)
     
  • BTC-USD

    40.597,49
    +1.043,49 (+2,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.002,62
    +26,73 (+2,74%)
     
  • S&P500

    4.420,92
    +18,26 (+0,41%)
     
  • DOW JONES

    34.991,23
    +198,56 (+0,57%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.153,50
    +80,00 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1534
    +0,0351 (+0,57%)
     

Arrecadação de royalties da mineração pode bater recorde de R$9 bi em 2021, diz Ibram

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A arrecadação brasileira de royalties da mineração, a chamada Cfem, poderá atingir 9 bilhões de reais neste ano, ou até superar, em meio a uma demanda firme chinesa por commodities e altos preços, afirmou nesta quarta-feira o presidente do conselho diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Wilson Brumer.

No primeiro semestre, a arrecadação de Cfem somou 4,48 bilhões de reais, contra 2,11 bilhões de reais no mesmo período do ano passado. Em 2020, o volume total de royalties da mineração já havia batido um recorde, de 6 bilhões de reais.

(Por Marta Nogueira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos