Mercado fechado

Executivo larga multinacional para negócio de reparo de roupas (e hoje tem 100 lojas)

Uma das vitrines da Arranjo Express, que já conta com 100 unidades (Foto: Divulgação)

Por Melissa Santos

Em 2003, Paulo Alexandre era um alto executivo de uma multinacional e resolveu largar o cargo para abrir o próprio negócio e estar mais próximo de sua família. Ele e a esposa, Cora Alexandre, queriam investir em algo que tivesse fit com o estilo de vida da família — e foi assim que pensaram em um negócio sustentável e, ao mesmo tempo, de fácil gerenciamento.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

"O consumo desenfreado sempre foi uma preocupação nossa. E nada como reformar, consertar e customizar peças de roupas", avalia Paulo.

Leia também

Foi assim que ele e sua esposa criaram a Arranjos Express, uma loja de consertos, ajustes e customizações de roupas. "Antigamente esse serviço só era oferecido por costureiras ou alfaiates, profissões que diminuíram o número de profissionais com o passar do tempo. Desde o início, oferecíamos ajustes, consertos e pequenas customizações. Com o passar do tempo passamos a oferecer customizações de peças de decoração e pet", exemplifica.

Para abrir a primeira loja em Montijo, Portugal, o casal investiu todo o dinheiro economizado (60 mil euros) e, em dois anos, já tinham sete lojas pelo país.

Após adquirir experiência, Paulo decidiu tocar a expansão da Arranjos Express em outros países em 2012. "Peguei R$ 200 mil, dinheiro das operações de Portugal, e resolvi vir para o Brasil. Principalmente pelo idioma, análise de mercado e extensão territorial", avalia.

Para abrir a primeira loja aqui, no bairro da Vila Olímpia, o empresário investiu R$ 170 mil e enfrentou alguns desafios no início, tanto diferenças culturais durante as reuniões quanto a extensão do país, que virou um problema de deslocamento para a companhia.

Passados os percalços, Paulo franqueou o negócio e, desde então, a Arranjos já conta com 100 unidades. "Nosso diferencial é oferecer uma gama maior de serviços, com bons preços e ótima qualidade. Nossos profissionais também fazem a diferença, pois são muito criativos.", pontua o empreendedor.

Hoje, todas as unidades oferecem serviços como ajustes, trocas de zíperes, confecção de barras, customizações, transformações, atualizações, confecção de itens de decoração e roupas para pet com peças que seriam descartadas, além do Home Care Fashion — serviço de reforma em geral de roupas, além de pequenos ajustes, em condomínios, empresas, hotéis, domicílios, academias e etc.

Os planos para o futuro do casal empreendedor é seguir com a expansão internacional da marca, que está chegando na Austrália, Canadá, Colômbia, China, Estados Unidos, Paraguai, Peru e Uruguai. "Nossa meta é terminar o ano com 180 lojas”, afirma.