Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,24
    +0,16 (+0,22%)
     
  • OURO

    1.779,30
    -4,10 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    33.392,09
    +887,39 (+2,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    800,68
    -9,51 (-1,17%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.279,50
    +16,50 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9307
    +0,0109 (+0,18%)
     

‘Army of the Dead’: Netflix gastou milhões para remover digitalmente ator acusado de pedofilia

·2 minuto de leitura
‘Army of the Dead’: Netflix gastou milhões para remover digitalmente ator acusado de pedofilia
‘Army of the Dead’: Netflix gastou milhões para remover digitalmente ator acusado de pedofilia

O diretor Zack Snyder revelou que substituir Chris D’Elia por Tig Notaro em ‘Army of the Dead – Invasão em Las Vegas‘ custou “milhões de dólares” à Netflix. Em 2020, o ator e comediante de 41 anos foi acusado por várias mulheres – incluindo meninas menores de idade – de assédio sexual.

Em entrevista à revista de entretenimento Vanity Fair, Zack e Deborah, esposa do diretor e também produtora do filme, afirmaram que foi uma escolha “bastante fácil” remover D’Elia (‘The Good Doctor’) do longa e refazer as filmagens com Notaro (‘Star Trek: Discovery’), mas que foi a decisão certa tomada pela serviço de streaming, mesmo tendo sido cara.

“Foi caro, com certeza”, disse Deborah Snyder e o diretor calculou o número em “alguns milhões”. A produtora, então, acrescentou: “Devo dizer que a Netflix fez a coisa certa. Eles colocam seu dinheiro naquilo que dizem ser correto”.

Army Of The. Tig Notaro em 'Army Of The Dead'. Imagem: Netflix/Divulgação
Tig Notaro em ‘Army Of The Dead’. Imagem: Netflix/Divulgação

Em junho do ano passado, D’Elia foi acusado por várias mulheres de assediar sexualmente meninas menores de idade. Em fevereiro, o comediante postou um vídeo em sua página do YouTube revelando ter “um problema”, mas afirmou que “não fez nada ilegal”. Em meio ao escândalo, o artista foi dispensado por sua agência e demitido de várias produções.

Então, Notaro foi convocada para refilmagens após o filme estar, de fato, pronto. Snyder acabou repetindo o que Ridley Scott fez ao tirar Kevin Spacey de ‘Todo o Dinheiro do Mundo’, substituindo-o por Christopher Plummer – que acabou indicado ao Oscar por “Melhor Ator Coadjuvante”.

No papel da piloto de helicóptero Marianne Peters, Notaro disse que ficou surpresa ao se “transformar em um sex symbol” e virar tendência no Twitter por causa da pose de durona da personagem. “Muita coisa mudou”, ela refletiu, em entrevista ao programa The Tonight Show, sobre o fato de uma “lésbica durona ser considerada sensual”.

Leia mais:

Lançado na última sexta-feira (21) na plataforma de streaming, ‘Army of the Dead – Invasão em Las Vegas’ acompanha um grupo de mercenários que se reúne para realizar o maior assalto já tentado. O detalhe é que, para chegar nos milhões, eles precisarão invadir uma zona de quarentena e se arriscar em meio a um surto de zumbis inteligentes.

No elenco, há Dave Bautista (‘Guardiões da Galáxia’), Omari Hardwick (‘Power’), Hiroyuki Sanada (‘Mortal Kombat’), Raul Castillo (‘Atypical’), Nora Arnezeder (‘Zoo’), Matthias Schweighöfer (‘Viagem Sem Volta’), Ella Purnell (‘Sweetbitter’), Garrett Dillahunt (‘Fear the Walking Dead’), Ana de la Reguera (‘Goliath’), Theo Rossi (‘Luke Cage’), a dublê Samantha Win (‘Mulher-Maravilha’) e, claro, Tig Notaro.

Fonte: Vanity Fair

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos