Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.399,08
    +533,07 (+1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Argentina vence Paraguai (1-0) e vai às quartas de final da Copa América

·5 minuto de leitura

A Argentina se classificou para as quartas de final da Copa América-2021 nesta segunda-feira ao conquistar sua segunda vitória por 1 a 0 sobre o Paraguai, em jogo da terceira rodada do Grupo A, em Brasília.

Alejandro Goméz marcou o único gol da 'Albiceleste' aos 9 minutos, tornando a equipe de Lionel Messi a segunda classificada do grupo, após o Chile ter garantido sua vaga na partida anterior com um empate em 1 a 1 com o Uruguai.

"Garantir a classificação, quando ainda falta uma rodada, nos dá tranquilidade. Vamos recuperar as forças e treinar", disse o técnico argentino Lionel Scaloni.

"O que me preocupa hoje é a condição física dos jogadores, que vieram de uma partida há dois dias (contra o Uruguai), e a verdade é que as condições não eram as melhores para jogar", acrescentou.

O Paraguai, sem mudanças no esquema de pressão proposto por seu técnico Eduardo Berizzo, complicou o jogo e pressionou em busca do gol de empate, mas não foi suficiente e terá que seguir na luta por uma vaga nas quartas de final.

"Não tivemos a clareza exatamente para encontrar uma situação que nos permitisse empatar. Mas acho que a partir do momento em que as forças ficaram equiparadas o empate teria sido lógico", afirmou Berizzo.

Messi bateu um novo recorde na noite desta segunda-feira ao alcançar sua 147ª partida com a camisa da seleção argentina, empatando com o já aposentado Javier Mascherano.

- Enfadonho -

A Albiceleste conseguiu a vaga com alterações em mais da metade de seu elenco titular em relação à partida contra o Uruguai na última sexta-feira. Embora não tenha sido convincente, avançou em direção ao seu objetivo de encerrar um jejum de 28 anos sem títulos.

Nesta segunda-feira a "solidez" que o treinador destacou quando a Argentina venceu o último jogo não voltou a ser vista.

E Messi não brilhou como quando enfrentou os uruguaios.

A Albiceleste foi murchando com o passar dos minutos, e acabou vencendo sem armar o jogo em que se sente confortável para criar jogadas. Lionel Scaloni já havia antecipado na véspera que o Paraguai seria um adversário "incômodo" e "difícil", como acabou acontecendo.

Na quinta-feira, quarta e última rodada do grupo, a Argentina vai descansar e o Paraguai vai enfrentar o Chile em Brasília.

- Batalha -

Assim como foi contra o Uruguai, a Albiceleste entrou em campo para pressionar no início em busca da classificação, animada após vencer seu rival no clássico do Rio da Prata.

Alejandro 'Papu' Gómez, jogador do Sevilla, teve sua chance diante da meta paraguaia e a transformou em gol ao encobrir o goleiro Anthony Silva nos primeiros minutos. Isso foi antes do Paraguai começar a se aquecer.

Em uma jogada semelhante, Sergio Agüero teve a sua chance quando ficou cara a cara com o goleiro, mas desperdiçou ao tentar encobri-lo mas a bola subiu demais, acima do travessão.

A chance clara seguinte da Argentina no primeiro tempo foi uma cobrança de falta de Messi na área, mas o camisa 10 não conseguiu comemorar seu recorde de partidas pela Argentina com um gol.

A Argentina foi recuando após o gol diante do avanço do Paraguai, que a ameaçou com maior domínio e corridas de seu ataque mas esbarrou na defesa albiceleste e sem clareza nas finalizações. O meia paraguaio Miguel Almirón colocou velocidade no time e o artilheiro Ángel Romero teve chances mas falhou.

No final do primeiro tempo, a bola desviou em Junior Alonso do Paraguai e entrou na meta de Silva. Mas o árbitro venezuelano, Jesús Valenzuela, anulou devido ao impedimento de Messi, confirmado pelo VAR. E isso foi tudo para a Argentina.

No segundo tempo foi a 'Albirroja' quem buscou o gol. O time continuou tentando pelas laterais sem dar sinais de desânimo. A defesa da Albiceleste se defendeu na medida do necessário, forçando vários escanteios e uma cobrança de falta da lateral esquerda aos 60 minutos, que parou nas mãos do goleiro Emiliano Martínez, que mostrou firmeza ao longo da partida.

Em seguida, o Paraguai teve uma nova chance na frente da área que Romero acertou na barreira, no momento em que já merecia o empate.

O Paraguai havia mostrado que joga até o fim em sua vitória na estreia, quando reagiu após estar perdendo por 3 a 1 já no segundo tempo.

O último confronto entre Argentina e Paraguai havia sido em novembro, quando empataram em 1 a 1 em La Bombonera pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022. Antes, na Copa América-2019, o resultado foi o mesmo.

O retrospecto favorece a Albiceleste, um adversário invencível para os paraguaios na Copa América. A vitória mais marcante da Argentina foi na edição de 2015 do torneio continental, quando venceu a 'Albirroja' por 6 a 1 no Chile.

-- Jogos e classificação do Grupo A da Copa América-2021:

-- Já disputados:

Paraguai - Bolívia 3 - 1

Argentina - Chile 1 - 1

Argentina - Uruguai 1 - 0

Chile - Bolívia 1 - 0

Argentina - Paraguai 1 - 0

Uruguai - Chile 1 - 1

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Argentina 7 3 2 1 0 3 1 2

2. Chile 5 3 1 2 0 3 2 1

3. Paraguai 3 2 1 0 1 3 2 1

4. Uruguai 1 2 0 1 1 1 2 -1

5. Bolívia 0 2 0 0 2 1 4 -3

-- Próximos jogos (horário de Brasília):

24/06 (18h00): Bolívia - Uruguai

25/06 (21h00): Chile - Paraguai

29/06 (21h00): Uruguai - Paraguai

29/06 (21h00): Bolívia - Argentina

./bds/mls/ol/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos