Mercado abrirá em 7 h 52 min
  • BOVESPA

    101.016,96
    -242,79 (-0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.245,86
    -461,86 (-1,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,72
    +0,16 (+0,41%)
     
  • OURO

    1.909,60
    +3,90 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    13.109,64
    +7,45 (+0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    261,19
    -2,23 (-0,85%)
     
  • S&P500

    3.400,97
    -64,42 (-1,86%)
     
  • DOW JONES

    27.685,38
    -650,19 (-2,29%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.629,76
    -289,02 (-1,16%)
     
  • NIKKEI

    23.406,11
    -88,23 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    11.491,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6461
    +0,0056 (+0,08%)
     

Argentina reduz impostos de exportação para impulsionar vendas em meio a crise

·1 minuto de leitura

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina informou nesta quinta-feira que vai reduzir os impostos sobre exportações de produtos industriais, minerais e agropecuários, com o objetivo de fomentar os embarques e gerar mais divisas em meio a uma prolongada crise econômica agravada pela pandemia de coronavírus.

O país, que vive uma recessão com alta inflação desde 2018, reduzirá até o final do ano os impostos sobre a soja e derivados da oleaginosa para 30%, ante 33% atualmente, e as tarifas sobre bens minerais para 8%, versus 12% no momento.

"Isso busca fortalecer a frente externa, fortalecer as reservas internacionais do país", disse o ministro da Economia argentino, Martín Guzmán, em entrevista coletiva.

A redução para as exportações industriais será escalonada de acordo com o tipo do produto, chegando a ser eliminada para muitos bens finais, na tentativa de acelerar a entrada de dólares e estabilizar um mercado de câmbio que passa por turbulências há semanas.

O ministro disse que também haverá benefícios para o setor de construção, além de restituições para exportações agrícolas de pequenos produtores.

(Reportagem de Eliana Raszewski e Nicolás Misculin)