Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.824,00
    +2.008,52 (+5,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Argentina prorroga até agosto medidas contra Covid

·1 minuto de leitura
(6 jul) Paciente com Covid na UTI de hospital da cidade argentina de Córdoba

O governo argentino prorrogou nesta sexta-feira até 6 de agosto a bateria de medidas sanitárias para conter a transmissão da Covid-19 e a propagação local da variante Delta do novo coronavírus.

A nova extensão do combate à pandemia foi aprovada no momento em que se acumulam mais de 98 mil mortos e 4,6 milhões de infectados, estatísticas que estão entre as mais altas das Américas, em um país de 45 milhões de habitantes.

“A variante Delta foi reportada em 86 países e é entre 50% e 70% mais contagiosa do que a variante Alpha”, argumentou o governo no decreto sanitário.

A nação sul-americana já comprou 28 milhões de doses de vacinas de diversos laboratórios, das quais 24 milhões foram aplicadas, incluindo quase 5 milhões de pessoas com as duas doses. O país manterá as fronteiras fechadas ao turismo, mas ampliará a cota de argentinos e residentes que poderão retornar ao país. Reuniões sociais com mais de 10 pessoas estão suspensas.

Por outro lado, quase todas as atividades industriais, comerciais e escolares estão permitidas, inclusive com abertura maior na cidade de Buenos Aires, governada pela oposição em nível federal.

dm/yow/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos