Mercado abrirá em 9 h 6 min

Argentina precisa ganhar confiança do investidor, diz BlackRock

Scott Squires e Charlie Devereux
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O diretor-presidente da BlackRock, Larry Fink, disse que a Argentina tem um longo caminho a percorrer antes de recuperar a confiança dos investidores.

Fink disse que a constante mudança do governo de uma política econômica para outra tem minado a confiança no país e que vai levar “muito tempo” para o setor privado se sentir confortável de investir na Argentina novamente.

“Se você estiver interessado na América Latina, existem lugares mais seguros e consistentes para investir do que a Argentina neste momento”, disse Fink em conferência virtual organizada pelo Banco Santander. “Espero que governo atual recupere essa confiança.”

Os comentários de um dos maiores investidores estrangeiros da Argentina destacam a frustração de Wall Street poucas semanas depois de uma reestruturação da dívida de US$ 65 bilhões, que deveria estabelecer um caminho para o crescimento sustentável.

Os títulos estrangeiros da Argentina despencaram desde o acordo, com queda de 24%. Ao mesmo tempo, uma nova série de controles de capital não conseguiu sustentar o peso. A diferença entre a taxa de câmbio oficial e a usada por investidores e poupadores para escapar dos controles aumentou recentemente para o nível mais alto em mais de 30 anos.

“Precisamos nos sentir confortáveis de que não prejudicaremos o dinheiro confiado por nosso cliente, de que podemos ter a confiança de que receberemos 100% de nosso principal”, disse Fink.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.