Mercado fechará em 4 h 14 min

Argentina avança com projeto para taxar milionários do país

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Argentina avança com projeto de taxar milionários. (Foto: Getty Images)
Argentina avança com projeto de taxar milionários. (Foto: Getty Images)

A Argentina do governo de centro-esquerda do presidente Alberto Fernández avançou com um projeto que prevê a cobrança de um “imposto extraordinário” para indivíduos com fortunas acima de cerca de R$ 12 milhões. As informações são do portal G1.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O projeto foi votado e aprovado pela Câmara dos Deputados da Argentina, na madrugada desta quarta-feira (18), e agora segue para votação no Senado.

Leia também:

Espera-se que, caso passe, o novo imposto se reverta em cerca de US$ 3 bilhões para os cofres argentinos. O país está em crise acentuada desde sua entrada oficial em recessão, em 2018, da qual ainda não conseguiu se recuperar.

Pior, com a pandemia do novo coronavírus, a situação das contas argentinas piorou ainda mais, com aumento do desemprego, e uma queda no PIB estimada em 11% pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) neste ano.

Os proponentes do novo imposto sobre os milionários argentinos argumentam que essa seria uma forma de atuar minimamente sobre a super concentração de renda no país. Na contramão, os opositores classificam o projeto como “confiscatório” e alertam que ele poderia afastar investimentos da iniciativa privada no país.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube