Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    60.930,97
    -2.431,84 (-3,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,43 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,25 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Argentina aumenta base salarial mínima para imposto de renda

·1 minuto de leitura
Frigorífico de Buenos Aires

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina aumentará a base salarial mínima sobre a qual se paga o imposto de renda, em uma tentativa de melhorar o poder aquisitivo dos trabalhadores, informou o Ministério da Economia na quarta-feira em comunicado.

Os trabalhadores que recebem um salário bruto mensal de até 175.000 pesos (1.777 dólares) ficarão isentos de impostos. Também não será tributado o salário anual complementar. Até agora, o piso sobre o qual se pagava o tributo era 150.000 pesos.

A medida busca "fortalecer o poder aquisitivo dos contribuintes e de suas famílias e, com isso, a consolidação da demanda e do mercado interno", disse o ministério.

Devido à inflação alta que aflige o país, os salários tendem a se ajustar, o que implica que mais trabalhadores alcançam o mínimo sobre o qual se paga o imposto de renda.

A medida busca "assegurar que durante 2021 não aumente, consequência do crescimento dos salários nominais, o número de pessoas afetadas este ano pelo tributo", completou o ministério.

Nesta semana, o governo anunciou um aumento do salário mínimo a 31.104 pesos a partir de setembro.

(Reportagem de Eliana Raszewski)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos