Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    56.773,66
    -5.535,21 (-8,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

ArcelorMittal lança programa para certificados de ‘aço verde’

Eddie Spence
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A ArcelorMittal agora oferece certificados que permitem aos clientes reduzirem sua pegada de carbono por meio dos próprios projetos de corte de emissões da gigante de aço.

O programa “Certificados de Aço Verde XCarb” permite a compra dos vouchers juntamente com pedidos físicos de aço que podem ajudar a compensar as emissões de Escopo 3, ou a poluição criada quando os clientes processam matérias-primas.

“Pela primeira vez, estamos trazendo ao mercado, com nossa marca, aço descarbonizado”, disse Geert Van Poelvoorde, CEO da ArcelorMittal Europe. “É um momento mágico para nós.”

A descarbonização do aço representa uma tarefa gigantesca para a indústria, que nos últimos anos tem sentido o impacto dos preços baixos devido ao excesso de capacidade. No ano passado, a ArcelorMittal disse que planeja zerar as emissões líquidas até 2050, embora tenha insistido que os governos devem fornecer apoio político para tornar isso possível.

As reduções serão agregadas a partir dos projetos de aço verde existentes da ArcelorMittal, que incluem a produção de carvão metalúrgico por meio de biomassa e a captura de emissões para uso na produção de químicos. A empresa espera ter 600 mil toneladas de aço verde disponíveis para compra até o final de 2022.

De acordo com o programa, as economias de carbono da ArcelorMittal são agregadas, verificadas e convertidas em certificados usando um fator de conversão que representa a intensidade média de carbono da siderurgia integrada na Europa.

A empresa também anunciou uma oferta de aço reciclado produzido com energia renovável por meio da rota de forno elétrico a arco, bem como um novo fundo para investir US$ 100 milhões por ano em empresas que desenvolvem tecnologia de aço verde.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.