Mercado abrirá em 7 mins
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,87
    -1,14 (-1,28%)
     
  • OURO

    1.799,00
    +7,80 (+0,44%)
     
  • BTC-USD

    24.118,05
    +1.032,69 (+4,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    563,56
    +28,33 (+5,29%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.490,06
    +50,32 (+0,68%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.328,00
    +99,25 (+0,75%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2210
    -0,0456 (-0,87%)
     

Arábia Saudita adverte contra políticas ambientais 'pouco realistas'

As "políticas pouco realistas" para reduzir as emissões de CO2 podem alimentar uma "inflação excepcional" - disse o príncipe herdeiro saudita, Mohamed bin Salman, neste sábado (16), ao presidir uma cúpula entre os Estados Unidos e vários países árabes, em Jidá.

"A adoção de políticas pouco realistas para reduzir as emissões, excluindo as principais fontes de energia, provocará, nos próximos anos, uma inflação excepcional e um aumento dos preços da energia", disse o príncipe Mohammed ao presidente americano, Joe Biden, e aos líderes do Golfo.

“Os desafios ambientais que o mundo enfrenta hoje, em particular a mudança climática, exigem um tratamento realista e responsável para alcançar um desenvolvimento sustentável”, afirmou o príncipe, que defendeu uma "abordagem equilibrada".

Nesse sentido, pediu que "se continue a investir em combustíveis fósseis" para "atender à crescente demanda mundial".

Especialistas acreditam, porém, que essas energias são, em grande parte, responsáveis pelo aquecimento global.

aue-rcb/aem/rm/mab/jvb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos