Mercado fechará em 5 h 6 min

Aprovação do governo Bolsonaro entre beneficiários do auxílio emergencial chega a 52%

Presidente Jair Bolsonaro teve aprovação individual maior entre beneficiários do auxílio (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ficou mais popular entre os brasileiros que receberam ou estão esperando para receber o auxílio emergencial. Segundo a pesquisa DataPoder360, o índice chegou a 52%. Entre essas pessoas, 38% desaprovam a gestão federal.

O aumento foi de seis pontos percentuais em relação ao levantamento anterior, feito entre 6 e 8 de julho. A taxa era de 46%. A desaprovação é estável.

Leia também

A pesquisa mais recente foi feita entre os dias 20 e 22 de julho por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram ouvidas 2.500 pessoas em 560 municípios, em todos os estados o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

A aprovação geral da população em geral em relação ao governo Bolsonaro é mais baixa do que entre os beneficiários do auxílio: 43%. A desaprovação entre os brasileiros é de 43%, mais alta do que entre as pessoas que receberam o valor.

Sobre a figura do presidente, entre os beneficiários do auxílio emergencial, 36% consideram Jair Bolsonaro ótimo ou bom. Entre os brasileiros em geral, a aprovação é de 32%.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O auxílio emergencial é uma ajuda dada pelo governo federal durante a pandemia do novo coronavírus, no valor de R$ 600. Inicialmente, seriam três meses de benefício, a partir de abril. Com a extensão da crise, o valor será distribuído por cinco meses.