Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.813,35
    +67,69 (+0,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Aprovação de exame Nível II do CFA é a mais baixa em uma década

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Instituto CFA disse que 40% dos candidatos foram aprovados no exame de Nível II em maio e junho, a primeira vez que o teste foi realizado em computadores.

A taxa de aprovação foi a mais baixa desde 2010 e inferior aos 55% de candidatos que passaram no segundo nível do exame de analista financeiro credenciado em dezembro de 2020, a maior proporção em 15 anos e a última vez que o teste foi realizado em papel, de acordo com o instituto de Charlottesville, na Virgínia.

A aprovação nos três exames do Instituto CFA (sigla em inglês para Chartered Financial Analyst) pode resultar em salários mais altos e melhores oportunidades de emprego para profissionais do setor financeiro. Em média, os candidatos estudam 300 horas para cada nível do exame e levam quatro anos para concluir a série. O exame de Nível II consiste em 88 questões de múltipla escolha e leva cerca de quatro horas e meia para ser concluído.

A pandemia de Covid-19 alterou o cronograma de realização do teste no ano passado. Historicamente, o instituto oferecia os três níveis do teste em papel em junho, e outra chance de realizar a primeira parte em dezembro. Depois da transição para o exame em computadores, o instituto agora oferece os testes mais vezes ao longo do ano.

A taxa de aprovação do Nível II deste ano foi a terceira mais baixa nos registros do CFA desde 1963. O nível mais baixo de todos os tempos foi de 32%, em 2004. Na semana passada, o instituto divulgou os resultados do Nível I com taxa de aprovação de 25%, um recorde de baixa.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos