Mercado abrirá em 2 h 29 min

Apresentadora de TV americana assessora produtora de maconha

Kristine Owram

(Bloomberg) -- A guru do estilo de vida Martha Stewart está se associando à maior empresa de cannabis do mundo, assumindo um cargo de consultoria na Canopy Growth para ajudar a desenvolver uma “nova e ampla linha” de produtos para humanos e animais.

“Estou ansiosa para trabalhar com a equipe da Canopy Growth”, disse Stewart, em comunicado, nesta quinta-feira. “Estou especialmente ansiosa para colaborar no desenvolvimento de produtos que possam ajudar as pessoas e seus companheiros animais de estimação.” Amante dos animais, Martha, 77, apresenta um programa de culinária com o rapper Snoop Dogg, um famoso apreciador da maconha.

A Canopy realiza diversos testes clínicos para estudar como os compostos de cannabis podem melhorar a saúde humana e animal, incluindo pesquisas sobre a eficácia do CBD, um composto não intoxicante, para o tratamento de ansiedade em animais. O canabidiol, seu nome formal, ganhou popularidade e seus proponentes acreditam que ajuda, por exemplo, a combater o estresse, inflamações e insônia.

“A questão é, de fato, a duração e a qualidade de vida dos animais que respondem bem ao CBD”, disse o CEO da Canopy, Bruce Linton, em entrevista, acrescentando que o cânhamo também é uma proteína de fácil digestão que pode ser adicionada a rações para animais de estimação.

O projeto de lei agrícola dos EUA, aprovado em dezembro, legalizou o CBD derivado do cânhamo sob certas circunstâncias. Mas a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) afirmou que produtos à base de CBD comercializados como portadores de benefícios terapêuticos devem ser aprovados para o uso pretendido para que possam ser introduzidos no comércio interestadual no país. A cannabis é legal no Canadá, mas não ainda na forma de alimentos e bebidas.

A Canopy anunciou em janeiro que investirá até US$ 150 milhões na construção de uma instalação especializada em cânhamo no estado de Nova York, sua primeira unidade de produção nos EUA. A expectativa de Linton é que a empresa tenha instalações especializadas em cânhamo em vários estados.

Repórter da matéria original: Kristine Owram em Toronto, kowram@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Courtney Dentch, cdentch1@bloomberg.net, Richard Richtmyer

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

©2019 Bloomberg L.P.