Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,55
    -0,66 (-0,59%)
     
  • OURO

    1.839,30
    -1,90 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    30.230,93
    +1.325,89 (+4,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    672,66
    +20,42 (+3,13%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,60 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.523,19
    +120,35 (+0,46%)
     
  • NASDAQ

    11.952,50
    +74,25 (+0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1751
    -0,0437 (-0,84%)
     

Apps com malware burlam proteções da Google Play Store para infectar usuários

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A empresa de segurança Kaspersky encontrou mais aplicativos distribuídos na Google Play Store que trazem o malware Joker embutido em seu código. A ferramenta maliciosa é utilizada em uma série de golpes virtuais destinados a aparelhos Android.

O malware Joker é capaz de simular cliques em anúncios maliciosos para gerar receita para seus controladores, inscrever as vítimas em serviços premium de SMS para roubar dinheiros e cometer fraudes financeiras e roubar e enviar para os criminosos, via um servidor na Rússia, todas as informações da lista de contatos do aparelho. A ameaça já havia sido detectada em outros aplicativos na Google Play Store, que foram removidos pelo Google mas ainda podem ser baixados por meio de caminhos não-oficiais.

Dessa vez, porém, os aplicativos detectados são ameaças que já haviam sido removidas anteriormente da Play Store. Eles retornaram, segundo a Kaspersky, por meio da utilização de métodos para disfarçar o malware Joker das ferramentas de segurança do Google — como deixar o arquivo malicioso dormente até que os apps tenham sido aprovados pelos especialistas de segurança.

Como se proteger dos aplicativos maliciosos

<em>Os aplicativos maliciosos detectados pela Kaspersky na Google Play Store. (Imagem: Reprodução/Kaspersky)</em>
Os aplicativos maliciosos detectados pela Kaspersky na Google Play Store. (Imagem: Reprodução/Kaspersky)

Os apps detectados pela Kaspersky na Google Play Store nesse começo de maio são os seguintes:

  • Style Message;

  • Blood Pressure App;

  • Camera PDF Scanner.

Em geral, a forma mais efetiva para se proteger deste tipo de ameaça é procurar informações dos desenvolvedores dos aplicativos, ler os termos de uso dos programas e também sempre ficar atento às análises de usuários.

Agora, caso tenha baixado um aplicativo suspeito e esteja preocupado com a segurança de seu dispositivo, recomendamos a leitura desse guia do Canaltech para identificar sinais que esse tipo de programa possa estar presente em um smartphone.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos