Mercado abrirá em 6 h 40 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,39
    +0,09 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.754,30
    +4,50 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    44.429,53
    +545,36 (+1,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.110,16
    +1,24 (+0,11%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.478,34
    -32,64 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.283,00
    -20,50 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2232
    -0,0018 (-0,03%)
     

Apps de Android rodando no Xbox? Indícios sugerem que isso será possível

·2 minuto de leitura

Um dos recursos mais aguardados para o Windows 11 é a compatibilidade do sistema operacional com aplicativos Android — melhor ainda: a possibilidade de baixar apps para smartphone direto da Microsoft Store. Contudo, essa funcionalidade ficará para depois do lançamento, já que a Microsoft ainda pretende colocá-la em testes nas prévias do SO.

Nesta semana, finalmente o recurso deu sinais de que está em desenvolvimento — e que sua estreia pode não demorar muito. Dentro da Microsoft Store, a companhia disponibilizou o Windows Subsystem for Android, um app para Win 11 que parece ser uma ramificação do Subsistema Linux para Windows (WSL), mas construído para rodar aplicações destinadas ao sistema do Google.

Requisitos mínimos do aplicativo parece ter sido preenchido com itens padrões (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Requisitos mínimos do aplicativo parece ter sido preenchido com itens padrões (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Assim que baixado, o aplicativo nada faz no computador. Sempre que é aberto, o usuário dá de cara com uma tela preta sem nenhuma interação possível. A descrição também não diz muita coisa: “conteúdo confidencial da Microsoft — destinado para testes — por favor não tire capturas de tela ou converse sobre o conteúdo”, diz o trecho. Ao que parece, a disponibilidade na loja foi apenas o caminho escolhido pela Microsoft para encaminhar o app àqueles que devem testá-lo (provavelmente, neste momento, só funcionários da empresa).

Ainda assim, dá para extrair informações da página oficial do app. As recomendações de hardware são: Windows na versão 22000.0 (a versão de estreia do Windows 11), 8 GB de RAM e processador x64 ou ARM64 (sem especificações). Para os componentes recomendados, a única diferença está na memória: 16 GB serviria melhor.

Xbox One compatível com apps Android?

Outra curiosidade da página oficial é o Xbox One como um dos dispositivos compatíveis. A inclusão dele na lista sugere que a companhia pode ter o videogame como um dos destinos do subsistema Android — ou seja, sugere que o Xbox pode, no futuro, ser um ambiente compatível com aplicativos de Android.

Ainda assim, é bom encarar o nome do console entre os aparelhos compatíveis com desconfiança. Por se tratar de um aplicativo em testes, cuja descrição também menciona conteúdo confidencial, o nome "Xbox One" pode ser apenas um item de preenchimento padrão. O Windows 10 estar listado no lugar do Windows 11 é um dos indícios de que a ficha não é 100% confiável.

A Microsoft não deu previsão para lançamento dos apps Android no Windows 11, mas o sistema operacional estreará no dia 5 de outubro deste ano. O que resta para os usuários é torcer para que os testes corram bem e que a função apareça logo na versão final — ou você pode se inscrever no Windows Insider para ser um dos primeiros a experimentá-la.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos