Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.211,67
    -90,55 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,93 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,89 (-1,84%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Apple Watch Series 8 pode ter salvado uma vida com o ECG

O Apple Watch Series 8 foi lançado há poucos dias, mas já pode ter salvado uma vida no Reino Unido. O caso aconteceu com a mãe de Jason Smith, que precisou usar o recurso de eletrocardiograma (ECG) em uma situação de emergência.

Apple Watch Series 8 foi apresentado no evento de 7 de setembro (Imagem: Divulgação/Apple)
Apple Watch Series 8 foi apresentado no evento de 7 de setembro (Imagem: Divulgação/Apple)

Os pais de Smith estavam em viagem na cidade de Chester, quando sua mãe passou mal e o filho precisou correr para prestar ajuda. Porém, quando ele chegou, os sinais gerais já estavam melhores — fatores como pressão sanguínea e condições gerais pareciam ter voltado ao normal, e ela apontou que já se sentia bem.

Porém, por precaução, Smith pegou seu Apple Watch Series 8 e realizou as medições com o recurso de ECG. Logo na primeira tentativa, ele já acusou uma situação de AFib, ou fibrilação atrial.

Para reduzir a possibilidade de alarme falso, ele fez mais três testes: todos eles repetiram a fibrilação, com um batimento cardíaco de 160 bpm em repouso. Com isso, o relógio apontou que era necessário procurar assistência médica imediatamente, recomendação que foi prontamente atendida pela família.

No hospital, os especialistas prontamente identificaram que ela precisaria de um tratamento imediato, e que “se não fosse pelo Apple Watch, é provável que ela não sobrevivesse ao resto do dia”.

Por meio das redes sociais, Jason Smith mencionou a Apple, Tim Cook e Phil Schiller, em agradecimento. Ele ainda apontou que sua mãe passa bem, e comprará um Apple Watch Series 8 após o ocorrido.

ECG está presente no Apple Watch desde o Series 4

ECG pode detectar problemas invisíveis (Imagem: Divulgação/Apple)
ECG pode detectar problemas invisíveis (Imagem: Divulgação/Apple)

Os relógios da Apple já contam com o eletrocardiograma desde o Watch Series 4, lançado em 2018. Todas as gerações trazem o recurso desde então, com exceção dos modelos SE.

O ECG funciona por meio da medição da sincronia e força dos sinais elétricos que fazem o coração bater. Irregularidades podem ser identificadas pelo relógio em segundos, mesmo em condições praticamente invisíveis — como foi o caso da mãe de Jason Smith, que já se sentia bem.

O Apple Watch Series 8 ainda não teve vendas iniciadas no Brasil, mas isso deve ocorrer em algum momento das próximas semanas. Seu preço oficial já é conhecido: os modelos iniciais sairão por R$ 5.299, mas o valor pode chegar a R$ 9.599 no relógio com caixa em aço inoxidável e pulseira estilo milanês.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: