Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.798,11
    +94,75 (+0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Apple Watch Series 7 usa processador do Series 6 e teria sido feito às pressas

·2 minuto de leitura

Durante o anúncio do Watch Series 7 a Apple detalhou seu design com tela de bordas finas, sistema de recarga mais veloz e vidro mais resistente, mas deixou completamente de lado informações essenciais a respeito de processamento. E parece que há um grande motivo para isso.

Uma publicação feita no Twitter pelo desenvolvedor Steve Troughton-Smith revela que a Apple manteve o mesmo chipset que equipa o Series 6 de 2020 em seu relógio mais recente.

Com vemos acima, até mesmo o número de modelo se manteve idêntico, com as quatro opções do Series 6 sendo identificadas de Watch6,1 até Watch6,4 e o Series 7 indo de Watch6,5 a Watch6,9 em vez de saltar para Watch7,1 — o que deveria ter acontecido.

Além dos números de modelos sem mudança, vemos claramente que o processador Apple S6 identificado pelo código "t8301" está presente em todos os novos relógios da linha Series 7.

Apple Watch Series 7 teria sido projetado às pressas

Diferente do esperado, Apple Watch Series 7 mantém design e até mesmo chip do Series 6 (Imagem: Reprodução/Apple)
Diferente do esperado, Apple Watch Series 7 mantém design e até mesmo chip do Series 6 (Imagem: Reprodução/Apple)

Há poucos dias o jornalista do Bloomberg Mark Gurman revelou que o Series 7 poderia enfrentar graves problemas de disponibilidade no lançamento devido às grandes mudanças de design projetadas pela Apple.

Informações apontavam que o problema poderia ser contornado de três formas: adiar o lançamento do Series 7, iniciar as vendas com quantidades limitadas ou iniciar as vendas depois de algumas semanas. Entretanto, uma quarta alternativa foi usada pela Apple: lançar um modelo com poucas melhorias, mesmo chip e mesmo design.

Escassez de processadores teria agravado situação

Rumores consolidados apontavam Series 7 com design renovado (Imagem: Reprodução/Jon Prosser)
Rumores consolidados apontavam Series 7 com design renovado (Imagem: Reprodução/Jon Prosser)

Vazamentos a respeito do Watch Series 7 apontavam um corpo quadrado com linhas retas e vidro flat para combinar com o novo padrão de design da Apple e seus dispositivos mais recentes como o iPhone 13, novos iPads e Macs.

Para o Series 7 adotar o mesmo processador do Series 6 é provável que a escassez de processadores que perdura há meses tenha colocado a Apple em uma posição extremamente vulnerável com quantidades limitadas do chip S7.

Tal detalhe é reforçado até mesmo pelo seu lançamento. Enquanto os novos iPhone 13 e iPad serão lançados na próxima semana, o Watch Series 7 chega "ainda este ano" segundo a Apple, com previsão para o outono norte-americano no mercado internacional mas ainda sem data específica.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos