Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,36
    -0,10 (-0,16%)
     
  • OURO

    1.761,40
    -5,40 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    63.214,96
    +10,46 (+0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.401,96
    +21,01 (+1,52%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.771,21
    -21,93 (-0,08%)
     
  • NIKKEI

    29.642,17
    -0,52 (-0,00%)
     
  • NASDAQ

    13.966,75
    -47,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7100
    -0,0111 (-0,17%)
     

Apple Watch ajuda polícia a encontrar assaltante em menos de 24 horas

Felipe Junqueira
·1 minuto de leitura

Um assalto à mão armada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, levou à prisão de um homem de 20 anos menos de 24 horas após o crime, graças a um Apple Watch. A polícia usou a função de buscar o dispositivo para encontrar o assaltante.

A vítima, cujo nome não foi divulgado, foi rendida em sua própria casa na madrugada deste sábado (27) por três homens armados e vestidos com fardas do Exército Brasileiro. Eles a agrediram e amarraram para levar diversos itens, desde um BMW X4 até o relógio Apple Watch, cujo modelo exato não foi revelado, mas possivelmente possui conexão com a banda larga móvel.

Policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) utilizaram a localização do smartwatch para encontrar o dispositivo, o que os levou até uma residência na Vila Brenner, também na cidade de Santa Maria. A casa seria do irmão de um dos assaltantes, um jovem de 20 anos, que foi preso e levado junto aos objetos roubados e as fardas do exército ainda no domingo (28).

Objetos apreendidos graças à localização de Apple Watch (Imagem: Reprodução/Polícia Civil-RS)
Objetos apreendidos graças à localização de Apple Watch (Imagem: Reprodução/Polícia Civil-RS)

O indivíduo foi reconhecido pela vítima como um dos participantes do assalto. A polícia ainda busca os dois companheiros do jovem, que já possui antecedentes por roubo, homicídio, tráfico de drogas, desobediência e ameaça.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: